-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

03 agosto 2016

Furto de água cresce 42% no 1º semestre na Grande São Paulo



O furto de água aumentou 42% no primeiro semestre de 2016 na Grande São Paulo. Quase 2 bilhões de litros de água foram furtados.
Segundo a Sabesp, em 60% houve violação do hidrômetro.
“O dispositivo ele trava o hidrômetro e não deixa marcar o consumo. Então nós temos esse equipamento que identifica que está utilizando esse dispositivo, como também o vestígio que deixou no local. E temos equipamentos que já inibem esse dispositivo, que vai passar água normalmente pelo relógio e vai medir”, diz Bezerra Leite, encarregado comercial na Sabesp.
saiba mais

O responsável pela fraude, segundo a companhia, responde por furto e pode pegar até oito anos de detenção. A denúncia de furto de água pode ser pelo 181 ou pela central de atendimento da Sabesp, 195.
No ano passado, o volume total de água desviado foi de 3,7 bilhões de litros de água que, segundo a companhia, são suficientes para abastecer uma cidade com 400 mil habitantes por um mês, como Diadema. Em 2014, houve desvio de 2,58 bilhões de litros e, em 2013, 2,61 bilhões de litros foram furtados.
O aumento no furto de água coincide com o período em que o nível de água do Sistema Cantareira estagnou. A última vez que o nível subiu foi em 20 de junho.
Em julho deste ano, só choveu 11% da média dos anos anteriores
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial