-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

30 novembro 2016

Acusados de executar PM em Sobral são mortos em operação da Polícia



De acordo com o comandante da Área Integrada de Segurança 12, tenente-coronel Assis Azevedo, houve reação por parte do trio durante a ação e eles acabaram morrendo atingidos por tiros
22:38 · 29.11.2016
Três homens suspeitos de participar do atentado que resultou na morte do sargento PM George de Sousa e Silva, em Sobral, foram mortos nesta terça-feira (29) durante operação das polícias Civil e Militar. De acordo com o comandante da Área Integrada de Segurança 12 (AIS 12), tenente-coronel Assis Azevedo, houve reação por parte do trio durante a ação e eles acabaram morrendo atingidos por tiros.
O oficial disse que após a morte do sargento George, no último dia 15 deste mês, dentro da Casa de Albergado de Sobral, a Polícia Civil iniciou a investigação para descobrir os autores do crime. O PM estava de serviço no prédio que abriga presos no regime semiaberto e foi atingido por tiros efetuados por homens a pé.
Nesta terça, de acordo com Assis Azevedo, os policiais teriam descoberto que os suspeitos estavam escondidos em uma casa no bairro Alto Novo. Uma operação foi montada pelas polícias Civil e Militar durante a noite. “Fizemos o cerco à casa onde eles estavam escondidos, eles não obedeceram a ordem de prisão, reagiram e morreram durante o tiroteio”, disse o oficial. A reportagem tentou contato com o delegado Otávio Coutinho, que preside as investigações, mas as ligações não foram atendidas.
Os suspeitos mortos foram identificados como Kelson Batista dos Santos; Anderson, o ‘Derson’; e Wanderley, conhecido como ‘Derley’. Uma pistola teria sido encontrada em poder dos homens e apreendida pelos policiais que participaram da ação,

DN
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial