-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

28 maio 2017

Meruoca: Câmara Municipal realiza Audiência Pública para discutir sobre transporte alternativo


Na noite deste sábado(27) a câmara municipal sobre a presidência do presidente  Herton alves  realizou uma Audiência pública para discutir sobre transporte alternativo no município de Meruoca.


A questão discutida no momento é sobre os diversos proprietários de D-20 que trasportavam passageiros se acharam prejudicados depois da criação da cooperativa dos transportes alternativos criado no município, ou seja, COPFNORTE.
Uma noite de debates calorosos entre representante da cooperativa e proprietários das D-20. Segundo o presidente da cooperativa Rômulo Marques todos foram convidados a participar da cooperativa, mas recusaram alegando motivos superiores.

Para Dorinha esposa de um proprietário de D-20 e moradora da localidade de Santo Elias estaria alí representando alguns sentimentos que estão incomodando a comunidade meruoquense. Para ela está claro que existe grande  insatisfação por esta política está atingindo toda comunidade e que todos comemorem com o mesmo prazer. Estamos procurando apenas nos reajustarmos a um sistema mais propício e que nos traga mais segurança. Não queremos andar contra a Lei muito menos e desfrutarmos da desgraça alheia. Disse Dorinha
.

Emanuel representante do Detran,  ressaltou sobre o pioneirismo do sistema complementar de passageiro, inclusive somos objeto de estudo, vindo pessoas do Rio Grande do Sul visitar o nosso sistema para implantar naquele estado. Nesse municio houve um lote mas outra cooperativa recusou devido as dificuldades. Importante ter contemplado vocês, porque, se fosse outra cooperativa ninguém estaria empregado. E hoje quem foi beneficiado foi o pessoal de Meruoca. Lembrando que antes foi feito um estudo e demanda foi de 18 carros que poderia cobrir o fluxo de passageiros, más se colocar mais vai estrangular e acabar prejudicando todo mundo. E se tratando de transporte de carga não foi proibido, você pode vir do sítio que você vier e transportar sua mercadoria. Já com relação ao transporte de pessoas nas localidade pode-se fazer um estudo e cogitar uma linha para aquela localidade. Ressaltou Emanuel.

Dr. Pedro Aurélio esteve nesta audiência representando a defensoria pública,  ressalta o nível de interesse que os meruoquenses tem demonstrado na questão desta discussão sobre transportes intermunicipal.. Nós estamos estudando ocaso, estamos investigando e venho me debruçando ouvindo as pessoas e participando de audiências . Estou participando desta audiência o ouvindo os dois lados. Depois ouviremos a posição do DETRAN  e estamos estudando o caso juridicamente e que tipo de medida vamos tomar,se entendermos que o cidadão está sendo prejudicado, o cidadão está tendo seus direitos restringidos , então vamos agir administrativamente e senão for resolvido na esfera da administração é possível que a defensoria leve esse caso ao judiciário.


Deputado Moisés Braz ressalta que não tem nenhuma dúvida que o sistema de cooperativismo é importante porque organiza, valoriza e esse papel e não podemos descartar, pois é um papel muito importante, inclusive queremos que todo ser humano seja transportado com qualidade e não estamos contra isso, mas nós não podemos deixar de ouvir a comunidade e não dá para fazer a coisa na base da força, e não aceitamos que seja feito na base da força. Outro fator que podemos observar que tem muitas comunidades que não tem como entrar topic e não vamos deixar que trabalhador andar  três a quatro Kms para pegar uma topic. Estamos aqui para ouvir  vocês e dialogar, inclusive fiz várias anotações, até porque o meu papel é fazer interlocução. Não queremos prejudicar ninguém, nem tirar o posto de trabalho de ninguém, queremos uma situação negociável e não enfrentamento. Disse deputado Moisés Braz

Marcaram presença os vereadores: Tiago Marques, Mardônio Cavalcante, José Maria Construções.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial