-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

04 outubro 2018

A três dias do pleito, Ibope cristaliza duelo Bolsonaro X Haddad








Rio de Janeiro. Os dois candidatos que lideram a corrida presidencial oscilaram para cima em nova pesquisa do Ibope, divulgada ontem, e ampliaram a distância dos outros concorrentes. O capitão reformado Jair Bolsonaro (PSL) tem 32% das intenções de voto, um ponto a mais que na sondagem anterior, divulgada na segunda. Já Fernando Haddad (PT) avançou dois pontos e agora tem 23%. Os dois cresceram na margem de erro, de dois pontos para mais ou para menos.

Ciro Gomes (PDT) se manteve na terceira posição, porém, mais distante de Haddad. O ex-governador do Ceará oscilou de 11% para 10%. Assim, ele está 13 pontos atrás do petista. Na segunda-feira passada, essa diferença era de dez pontos e chegou a ser de oito em setembro, após a candidatura de Haddad ser oficializado.

A poucos dias da eleição, o levantamento reforçou a probabilidade de a definição ficar para um segundo turno entre Haddad e Bolsonaro.

Considerando apenas votos válidos, ou seja, excluindo brancos e nulos, o candidato do PSL tem 38% das intenções, contra 28% do petista. A disputa só é decidida no primeiro turno se um candidato conseguir 50% mais um dos votos válidos.

Nas simulações de segundo turno, há empate técnico entre Bolsonaro e Haddad, com pequena vantagem para o petista: 43% a 41%. Assim como no levantamento anterior, Ciro é o único que venceria Bolsonaro, com 46% dos votos contra 39% do capitão. Na disputa entre o candidato do PSL e Alckmin, outro empate técnico: 40% e 41% respectivamente.

Rejeição

Haddad e Bolsonaro continuam os mais rejeitados, embora as taxas tenham oscilado para baixo. Segundo a pesquisa, 42% dos eleitores não votariam em Bolsonaro de jeito nenhum, dois pontos a menos que na sondagem anterior. A rejeição de Haddad ficou em 37%, um ponto a menos na mesma comparação.

O Ibope ouviu 3.010 eleitores, em 209 municípios, entre segunda e terça-feira, após um fim de semana de manifestações contra e a favor de Bolsonaro em todo o País.

No público feminino, Bolsonaro tem 26%, 13 pontos a menos do que entre os homens. O capitão reformado colhe seu melhor desempenho no Sul, onde tem 40%. No Sudeste (35%) e no Norte/Centro-Oeste (34%), ele fica próximo de sua média nacional e vai pior no Nordeste (21%). Já Haddad lidera apenas entre os nordestinos, com 36%.

Debate

Bolsonaro confirmou, ontem, que, por orientação médica, ele não vai comparecer ao debate entre presidenciáveis que será promovido hoje, depois da novela das 21h, pela TV Globo, o último antes do primeiro turno. No mesmo horário, o capitão reformado vai fazer uma transmissão ao vivo em suas redes sociais.

Ja a oscilação no desempenho de Haddad nas últimas pesquisas e a ameaça de uma derrota no primeiro turno para Bolsonaro acentuaram diferenças internas e levaram o PT a procurar culpados e buscar correções na reta final da disputa.

Segundo relatos ouvidos pela reportagem, as discordâncias entre o círculo mais próximo de Haddad e o grupo ligado à direção do PT ficaram evidentes na reunião da coordenação da campanha realizada na casa que abriga a produtora de vídeos da campanha, em São Paulo.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial