-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

01 outubro 2018

Ibope: Bolsonaro cresce e atinge 31%, Haddad fica estável com 21%



Pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (1º) aponta que Jair Bolsonaro (PSL) segue na liderança da corrida presidencial, com 31% das intenções de voto, um crescimento de quatro pontos em relação ao levantamento anterior, divulgado na última quarta-feira (27%). Já Fernando Haddad (PT) manteve os 21% da semana passada.

Em seguida estão Ciro Gomes (PDT), com 11% (na semana passada, estava com 12%), Geraldo Alckmin (PSDB), com 8%, igual desempenho ao dia 26 de setembro, e Marina Silva (Rede), com 4%, uma oscilação negativa de dois pontos.

João Amoêdo (Novo) aparece com 3%, seguido dos empatados Álvaro Dias (Podemos) e Henrique Meirelles (MDB), com 2%. Entre os eleitores, 12% se declararam brancos e nulos, e 5% não responderam ou não souberam responder.

Os dois líderes nas pesquisas também são os candidatos com maior índice de rejeição junto ao eleitor, reforçando o alto grau de polarização na disputa.

Bolsonaro aparece como o candidato com maior índice de rejeição, com 44% dos eleitores afirmando que não votariam nele de jeito nenhum. Haddad e Marina empatam na segunda colocação, com 38% e 25%, respectivamente.

Nas simulações do segundo turno, Bolsonaro perderia para Ciro (45X% x 39%) e para Alckmin (42% x 39%) e empata com Haddad (42% x 42%) e ganha de Marina (43% x 38%)
O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 208 municípios, nos dis 29 e 30 de setembro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Primeiro turno

Nesta segunda-feira, o presidente do Ibope Inteligência, Carlos Augusto Montenegro, afirmou à agência de notícias Reuters que, faltando seis dias para as eleições, considera “muito improvável” que o novo presidente seja definido já no primeiro turno ou que surja uma terceira via a Bolsonaro e Hadadd, mas ressaltou que “nada é impossível”.

Pela manhã, uma pesquisa BTG Pactual indicou que Bolsonaro tem 31%, enquanto Haddad aparecia com 24%. Nesta terça (2), é a vez de o Datafolha divulgar mais uma pesquisa sobre a sucessão presidencial. O instituto também planeja divulgar novos levantamentos na próxima quinta e no sábado, véspera da votação do primeiro turno.

DN
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial