-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

21 novembro 2018

Autoescola fecha sem avisar, e 30 clientes prestam queixa







Um prejuízo de R$ 500 mil foi registrado no 13º DP (Cidade dos Funcionários), por pelo menos 30 vítimas de um golpe aplicado por uma autoescola. Alunos da Autoescola William, localizada na Avenida Oliveira Paiva, procuraram a Polícia Civil para relatar que o estabelecimento comercial fechou, mesmo depois de receber o pagamento do exame de direção, efetuado por centenas de clientes.

Conforme o titular do 13º DP, delegado Hélio Marques, só ontem foram registrados 30 Boletins de Ocorrência (B.O.S). Todos os denunciantes dão conta de que foram enganados pela autoescola, a qual recebeu dinheiro como entrada para ofertar as aulas, e depois fechou as portas, sem nenhum aviso prévio.

"Desde a semana passada, as pessoas matriculadas compareciam ao local e só encontravam a autoescola fechada. Foram informadas que faliu e resolveram procurar a Polícia. Eles não cumpriram com o compromisso. Nossa estimativa é que, pelo menos, 300 pessoas foram enganadas", informou o delegado.

Nos últimos meses, a autoescola anunciou diversas vezes em sites de compras coletivas. Com isso, tudo indica que o número de vítimas deve ser ainda maior. Um dos clientes que denunciou o estabelecimento foi Ezequiel Macena. Segundo ele, seu filho já havia começado a ter aulas práticas, mas desde o dia 13 deste mês não conseguiu mais ter contato com os funcionários.

"A partir disso, meu filho conversou com outros alunos e o instrutor. Só então souberam que a autoescola tinha falido. Ninguém mais atendia as ligações, nem respondia mensagens no WhatsApp. Essa autoescola é conhecida no bairro, meus outros filhos tiraram habilitação nela. Infelizmente, desta vez, tivemos problema. Pagamos em dia, à vista quase R$ 1.500. Agora, precisamos recorrer e vamos pagar tudo de novo em outra autoescola", disse Ezequiel.

Uma outra vítima, que optou por não se identificar, afirmou que não foi informada sobre a falência. "Meu instrutor não disse nada. Ninguém deu satisfação. Foi uma surpresa ruim", destacou.

Filas


Hélio Marques acrescentou que com a divulgação do caso, o número de B.O.S tende a aumentar. "Estão se formando filas na Delegacia para o registro desta ocorrência. Quatro escrivães estão tomando depoimentos", afirmou.

Os suspeitos de aplicar o golpe são dois proprietários da Autoescola William, um homem e uma mulher. Hélio Marques afirmou que a Polícia Civil está em busca da dupla, cujas identidades ainda não podem ser reveladas. "Pedimos a prisão preventiva deles. Tudo ainda é prematuro, por isso preferimos não dizer quem são. Vamos continuar as investigações e apurar por completo no inquérito".

A reportagem entrou em contato com o Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran) a fim de saber o motivo do encerramento das atividades na autoescola, e se o órgão foi comunicado formalmente. Porém, não recebeu nenhuma resposta.

DN
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial