-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

20 dezembro 2018

Camilo anuncia secretariado para 2019 próxima semana





O governador reeleito Camilo Santana (PT) anunciou que os nomes que vão compor seu secretariado serão divulgados durante a próxima semana, em data ainda a ser divulgada. Em conversa com a imprensa logo antes da cerimônia de sua diplomação, o petista disse, ainda, que os secretários serão divulgados todos de uma vez, o que deve ocorrer até o próximo dia 30.

Sobre a divisão de cargos entre legendas aliadas, ele garante que as indicações serão técnicas. “Não é questão de participação de partido A ou B, acho que todos que têm apoiado meu Governo irão colaborar. Agora, como fiz no primeiro Governo, todos com perfil muito técnico, pessoas com o perfil apropriado para cada área”, disse ele.

Segundo ele, também será apresentado à sociedade o conjunto de mudanças promovidas por sua gestão nos últimos dois meses, incluindo alterações “tanto do ponto de vista interno do Governo, quanto leis aprovadas pela Assembleia Legislativa”. Ele menciona a reforma administrativa do Governo do Estado, através da qual a administração pública estadual encolherá o número de secretarias de 27 para 21 – proposta aprovada pelo Legislativo esta semana. Segundo o Governo, a mudança deve gerar uma economia anual de cerca de R$ 27 milhões, eliminando quase mil cargos comissionados.

Perguntado sobre a relação com o Governo Federal, o governador foi diplomático. Ele conta esperar que seja possível manter uma “relação institucional” com o governo de Jair Bolsonaro. “O que tiver que fazer para defender os interesses do meu Estado, farei, respeitando meus princípios. O que poderei ajudar, o que os governadores do Brasil puderem ajudar, vamos ajudar do jeito que for melhor para o País crescer, gerar oportunidade e reduzir a desigualdade”, pontuou.
Na ocasião, Camilo, junto de sua vice, Izolda Cela (PDT), foi diplomado pela Justiça Eleitoral, na figura da presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE), desembargadora Nailde Pinheiro Nogueira. Na cerimônia, foram diplomados também os senadores eleitos Cid Gomes (PDT) e Eduardo Girão (Pros), além dos deputados federais e estaduais escolhidos pelo voto popular no pleito deste ano.

Cid
Cid Gomes, pouco antes da cerimônia, defendeu que é preciso ter uma postura razoável na oposição ao Governo Federal em 2019. Segundo ele, sua posição será “independente”. “Não votei no Bolsonaro nem no primeiro, nem no segundo turno, mas a gente não deve ter postura preconceituosa de achar que tudo que venha dele será ruim. Tem que pensar, acima de tudo, no País e na retomada do crescimento”, disse ele.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial