-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

06 janeiro 2019

407 celulares foram retirados dos presídios com intensificação das vistorias apos ataques no Estado






Ao todo, 407 celulares e centenas de televisores foram retirados de unidades prisionais do Estado com a intensificação das vistorias após a onda de ataques criminosos que vem ocorrendo há cinco dias no Ceará.

Durante este fim de semana, duas unidades tiveram as visitas de familiares suspensas, de acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária (Seap). Foram elas a Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima, conhecida como CPPL I, e a Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor José Jucá Neto, a CPPL III, em Itaitinga. Segundo a Seap, a medida foi tomada após indisciplina dos internos.

Ainda conforme a secretaria, “a Lei de Execução Penal determina que o direito de visita pode ser suspenso sempre que a direção administrativa julgue necessário, seja para disciplinar o ambiente ou como medida de segurança”.

Nenhum incidente foi registrado em nenhuma unidade durante o fim de semana.

Violência no Estado

Os ataques criminosos iniciaram na noite da última quarta-feira (2). Ônibus, veículos, prédios públicos e comércios privados foram atacados. Após apelo do governo do Estado, o policiamento foi reforçado no Ceará com apoio da Força Nacional e do Exército.

Mais de 30 municípios sofreram ataques. Até o momento, 110 pessoas foram capturadas por envolvimento nos crimes, sendo 76 adultos e 34 adolescentes.

DN 
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial