-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

14 janeiro 2019

Estado terá reforço de 350 agentes da PRF




HELICÓPTERO E agentes PRF-PE já auxiliam operação no Ceará Evilázio Bezerra

Mais 350 policiais reforçarão a segurança no Ceará para combater os ataques de facções criminosas, que completaram ontem 12 dias. O efetivo, desta vez, exclusivo da Polícia Rodoviária Federal (PRF), será composto por homens e mulheres dos 26 unidades da Federação (335) e Ceará (15). A liberação foi acertada entre Sergio Moro, Ministro da Justiça e Segurança Pública, e o governador do Ceará, Camilo Santana. Os 350 policiais rodoviários irão reforçar o patrulhamento em pontos estratégicos das rodovias federais e prédios públicos da União.



O efetivo começa a se apresentar a partir de amanhã, 15. Superintendências regionais vão fazer a triagem. Desde o começo dos ataques, em 2 de janeiro, o governo do Ceará já recebeu o reforço de mais de 490 policiais. A maior parte da Força Nacional, além de vários estados, como a Bahia, que enviou 100 PMs.



A decisão de enviar reforço da PRF aconteceu 24 horas depois da derrubada de uma torre de transmissão de energia elétrica da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), em Fortaleza. No último sábado, 12, criminosos dinamitaram o equipamento em mais um dia de atentados no Ceará. Já são cerca de 200 o número de ações ocorridas desde o dia 2.



Na noite de ontem, por volta das 21h30min, novo ataque criminoso foi registrado em Fortaleza, desta vez no bairro Bonsucesso. Uma ponte localizada na Rua São João sofreu uma tentativa de explosão. Moradores relataram ao O POVO que um carro passou e que os homens que estavam dentro teriam jogado o artefato explosivo pela janela. Moradores também contaram que os criminosos não conseguiram colocar o artefato nas proximidades da estrutura, que é de concreto. Assim que o carro saiu do local, a Polícia chegou e isolou a área.



Outros ataques foram registrados durante o fim de semana em Fortaleza e Interior. Na madrugada de ontem, na Capital, a 7ª Unidade do Juizado Especial Criminal foi alvo de explosivos. Os artefatos danificaram vidraças do edifício, na rua Desembargador João Firmino, no Montese, e atingiram parte do reboco de uma coluna.



Em Tabuleiro do Norte, tentaram danificar a estrutura da ponte conhecida como Peixe Gordo, no início da madrugada de ontem, na BR-116. Na noite de sábado, 12, ponte sobre o Rio Choró, no município de Chorozinho, também foi alvo de explosão. De acordo com informações da delegacia local, o crime ocorreu por volta das 20 horas e o impacto pôde ser sentido por toda a Cidade.



Na manhã de ontem, um homem foi detido supostamente portando lista com locais que seriam alvos para ataques. A delegada Ana Cristina Lima e Silva, do 11º DP, que recebeu o caso, afirmou que pretendia enquadrá-lo por crime de terrorismo. A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), no entanto, negou a existência da relação de lugares para atentados. Em nota, a SSPDS informa que o homem já foi posto em liberdade, "é um morador de rua, frequenta um cemitério (não especificou qual) e tem costume de fazer listas de pessoas. Anotando data de nascimento e da morte". Estes seriam os escritos que estariam com ele. (Colaboraram Isabel Costa e Carlos Holanda)



PRF



Cessão de agentes da PRF por cada superintendência: sede (18); Acre, Amazonas, Amapá, Roraima (2); Alagoas, Sergipe (6); Bahia (20); Ceará (15); Distrito Federal (7); Espírito Santo, Paraíba, Rio Grande do Norte, Rondônia (9); Goiás, Mato Grosso do Sul, Pernambuco (14); Maranhão (8); Minas Gerais (30); Mato Grosso, Pará (12); Piauí (11); Paraná (29); Rio de Janeiro (26); Rio Grande do Sul (25); Santa Catarina (19); São Paulo (18); Tocantins (3)

O POVO Online
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial