-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

09 janeiro 2019

Nova gestão retira tomadas elétricas de celas em presídios cearenses









Mais de 400 aparelhos celulares foram apreendidos com os presos no Ceará(FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Em meio à onda de terror nas ruas de Fortaleza e do interior, no sistema prisional o governo do estado tenta adotar uma nova forma de administrar as unidades.

Aos poucos, a rotina do sistema prisional começa a mudar no Ceará. O Jornal Jangadeiro da TV Jangadeiro/SBT,mostra imagens de diversos televisores que foram recolhidos nos presídios da Grande Fortaleza (assistir ao vídeo abaixo). Os equipamentos estavam nas celas e eram usados pelos presos.

Na prática, a medida significa uma postura mais rigorosa no controle das unidades prisionais. A Secretaria da Administração Penitenciária confirma a apreensão dos televisores. A pasta não informou o número de aparelhos recolhidos, mas admitiu serem centenas. A TV Jangadeiro/SBT apurou que também foram apreendidos ventiladores e utensílios como grill elétrico, além da retirada de tomadas elétricas.



Mais de 400 aparelhos celulares foram apreendidos com os presos durante as vistorias. Parte das unidades teve a visitação de familiares suspensa por indisciplina, segundo a Secretaria.

Nas segunda-feira (7), houve protestos na sede da Secretaria e também na BR 116. Esposas exigiam a retomada das visitas e reclamavam que alguns produtos não podiam mais entrar nos presídios. Para o Sindicato dos Policiais Civis, as medidas adotadas foram corretas e é necessário reforçar ainda mais a rotina de fiscalização nas prisões do estado.

Francisco Lucas, presidente do Sindicato dos Policiais Civis, comenta que o preso tem que entender que deve obedecer regras, além disso, é preciso haver endurecimento de postura e de fiscalização nas visitas de parente e advogados.

A onda de terror no Ceará teve início após a posse do novo Secretário da Administração Penitenciária, Luis Mauro Albuquerque.
7º dia de ataques

A onda de terror no Ceará chega ao 7º dia seguido nesta terça-feira (8). Desde a noite desta segunda-feira (7) até a manhã, ônibus, veículo de autoescola e caminhões foram queimados por facções criminosas. Houve também uma explosão na base da ponte dos Tapebas, no município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Ao todo, 160 ataques foram registrados em 45 cidades desta a última quarta-feira (2), de acordo com levantamento do Sistema Jangadeiro. Na segunda-feira, foram mais 33 ataques, um dos dias mais violentos desde o início do terrorismo promovido com ações criminosas.

Segundo a SSPDS, 168 pessoas foram presas por serem suspeitas de envolvimento nas ações criminosas.

Tribunas do Ceará
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial