-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

18 maio 2019

MPCE cobra fim de nepotismo em Boa Viagem





O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através do promotor de Justiça da Comarca de Boa Viagem Alan Moitinho Ferraz, expediu, no dia 16, uma Recomendação à prefeita daquele município, Aline Vieira, para que proceda no prazo máximo de dez dias a exoneração de 20 servidores em situação de nepotismo direto ou indireto. A iniciativa do promotor de Justiça é sustentada pela Súmula Vinculante nº 13 do Supremo Tribunal Federal (STF), que proíbe a nomeação de cônjuges, companheiros ou parentes em linha reta ou até terceiro grau para cargos em comissão ou de confiança, em qualquer um dos três poderes, por considerar como nepotismo, o que viola a Constituição Federal.




Reprodução

Ocorre que, apesar desta restrição, tem ocorrido nomeações, pela chefe do Poder Executivo, de parentes da mesma, do vice-prefeito, de secretários municipais e outros agentes políticos partidários, como vereadores, de expressiva envergadura local, configurando a prática do chamado nepotismo indireto. De acordo com o conteúdo da recomendação, o STF possui firme jurisprudência no sentido de considerar caracterizado o nepotismo na nomeação de familiares para cargos políticos, uma vez configurada a presença de qualquer um dos seguintes requisitos: fraude à lei, nepotismo cruzado, falta de qualificação técnica, inidoneidade moral, troca de favores (nepotismo indireto) e evidente inaptidão do nomeado para o exercício do cargo.

Conforme Alan Moitinho, “o nepotismo, na vertente direta ou indireta, traduz-se em flagrante negação dos princípios mais basilares do Direito Público, uma vez que demonstra indevida confusão entre interesses público e privado. Trata-se de tema de extrema importância para a imagem interna e externa dos entes estatais, devendo todo e qualquer agente público obedecer às normas postas, em respeito ao povo brasileiro, verdadeiro detentor do poder soberano e quem as autoridades constituídas efetivamente representam”, enfatizou.

A recomendação também foi direcionada ao presidente da Câmara de Vereadores de Boa Viagem, José Anchieta, sugerindo que os vereadores analisem, deliberem e logrem esforços para incluir na Lei Orgânica do Município de Boa Viagem, dispositivo expresso de vedação à nomeação de parentes em qualquer dos poderes neste município. Para tanto, faz-se necessário deixar claro a vedação do nepotismo também para os cargos políticos, afora outras medidas de reforço.

Por se tratar de relevante prestígio social e elevado grau de aceitação no debate público, o tema do nepotismo é de relevante interesse local e a Casa Legislativa detém competência para o processamento de projeto de emenda desta matéria. Quanto à constitucionalidade da emenda, não há nenhuma afronta aos princípios da Constituição da República e do Estado do Ceará. Na verdade, há firme entendimento pela constitucionalidade da súmula vinculante nº 13, vigente desde o ano de 2008.

Veja a relação de pessoas e o respectivo grau de parentesco entre os ocupantes de cargos comissionados, funções de confiança, contratos temporários da Administração Pública Direta ou Indireta e da Câmara de Vereadores de Boa Viagem:

1. Rosângela Rodrigues Pimentel: assessora jurídica, cunhada do vice-prefeito e do secretário de Infraestrutura.

2. Gerusa Rodrigues Pimentel: enfermeira, cunhada do vice-prefeito e esposa do secretário de Infraestrutura.

3. José Domingos de Abreu: assessor DG1 e esposo da secretária de Administração.

4. Andréa Alves de Sousa Cavalcante: secretária de Cultura e esposa do vereador Arnaldo Cavalcante.

5. Maria Guiomar Cavalcante França: ouvidora-geral, irmã da secretária de Educação e tia da prefeita.

6. Rachell Maria Cavalcante de França: diretora da Casa de Saúde Adília Maria e sobrinha da secretária de Educação.

7. Francisco Vieira Carneiro Júnior: assessor executivo e sobrinho da secretária de Educação.

8. Michellyne Lopes de Carvalho Chaves Vaz: assessora executiva e esposa do secretário de Saúde.

9. Rachell Maria Cavalcante de França: diretora da Casa de Saúde Adília Maria e sobrinha da secretária de Educação.

10. Fagner Ferreira Barbosa: assessor executivo e filho do vereador Antônio Alves Barbosa Júnior.

11. Maradona de Farias Barbosa: médico contratado e filho do vereador Antônio Alves Barbosa Júnior.

12. Francisco Antônio Gonzaga Vieira: agente administrativo contratado, lotado na Secretaria de Educação e cunhado da vereadora Maria Alzira.

13. Rita de Kássia Nunes Vieira de Melo: diretora da Creche Pró-Infância Edson Tadeu de Queiroz, professora contratada e cunhada da vereadora Maria Alzira.

14. Rute Cavalcante Alves Batista: diretora da E.E.F. Pedro Soares de Almeida, professora contratada e tia da vereadora Erika Berenice Teixeira.

15. Maria Margareth Cavalcante Alves: coordenadora do programa Mais Educação da E.E.F. Padre Vital Elias Filho e tia da vereadora Erika Berenice Teixeira.

16. Maria Emanuella Oliveira Coriolano: psicóloga contratada na Secretaria de Assistência Social e Trabalho e cunhada da vereadora Erika Berenice Teixeira.

17. Girlane Magalhães Garcia: diretora da E.E.F. José Assef Fares e tia da vereadora Erika Berenice Teixeira.

18. Cristina Vieira Fragoso: professora contratada e sobrinha do vereador Ismael Fragoso da Silva.

19. Ana Nayara Abreu Alves: cerimonialista e irmã do secretário de Agricultura e Pecuária, Ronilson Sérgio Evangelista Abreu.

20. Rosa Vieira Fernandes: secretária de Políticas Públicas e mãe do vereador Antônio Sérgio Vieira Fernandes.

Atualizado por Jorge Alves
jorgelbalves@gmail.com
Fonte: MPCE
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial