-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

29 junho 2019

Assembleia Legislativa realiza audiência pública para debater fechamento de agência dos Correios





A demissão de funcionários e o fechamento de agências dos Correios no Ceará foram debatidos nesta sexta-feira (28), em audiência pública promovida pela Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP) da Assembleia Legislativa. De iniciativa do deputado Elmano Freitas (PT), o debate ocorreu no Complexo de Comissões Técnicas da Casa.


De acordo com Elmano Freitas, o objetivo da audiência é possibilitar que a população cearense possa tomar conhecimento da situação dos trabalhadores dos Correios, tendo em vista uma decisão política anunciada de privatização da empresa.


Os trabalhadores sabem, pela experiência que temos no Brasil, que toda vez que se teve privatização houve demissão de trabalhadores e diminuição de direitos. É evidente que qualquer sindicalista minimamente comprometido com a sua categoria vai se colocar sobre esse tema, considerou.

O deputado estadual apontou a possibilidade da formação de uma Frente Parlamentar em Defesa do Serviço Público, a elaboração de um manifesto a ser enviado às bancadas federais contra a privatização dos Correios e a busca, junto ao governador Camilo Santana, de apoio à causa da manutenção dos Correios, solicitando que ele leve essa reivindicação aos demais governadores do Nordeste.

A coordenadora geral do Sindicato dos Trabalhadores em Correios, Telégrafos e Similares do Estado do Ceará (Sintect-CE), Maria de Lourdes Paz Félix, salientou que os Correios são uma empresa criada para dar sustentação à comunicação entre brasileiros, funcionando, portanto, a partir de uma garantia constitucional.

Maria de Lourdes também frisou que a ameaça de demissões e o fechamento das agências têm gerado grande temor entre os funcionários. “Nossos trabalhadores estão aflitos e adoecidos por saber que vão perder seus empregos”, enfatizou.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial