-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

01 setembro 2019

Acidentes com motocicletas deixam mais de 1.500 vítimas em todo Ceará em 2018





Em 2018, o Ceará registrou 1.515 vítimas de acidentes com motocicletas e ciclomotores ao longo do ano. O boletim desenvolvido pela Seguradora Líder, com informações dos últimos dez anos, mostram que o Estado se encontra na terceira colocação na quantidade de acidentes em todo país. No primeiro lugar aparece São Paulo seguido de Minas Gerais. Já em 2008, o Ceará teve 888 mortes em acidentes com motos e ciclomotores ocupando a 7ª posição. Entre 2008 e 2018, o número de acidentes cresceu 41,3%.

No ano passado, o Ceará registrou 16.442 indenizações que resultaram em invalidez permanente, ocupando o terceiro lugar no ranking.

Em relação a frota de motocicletas e ciclomotores, a quantidade de veículo aumentou 134,3% de 2009 para 2018. Saiu de 663.074 para 1.553.431. O Nordeste teve, inclusive o maior crescimento de frota, cerca de 137,3%, saindo de 3.247.848 para 7.707.873.

Em todo o Brasil

Nos últimos dez anos, o Seguro DPVAT pagou mais de 3,2 milhões de indenizações por ocorrências envolvendo os dois tipos de veículos. Deste total, quase 200 mil pessoas morreram e 2,5 milhões ficaram com algum tipo de invalidez permanente.

Entre 2009 e 2018, as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT cresceram 28%. Quando observadas apenas as ocorrências com motocicletas e ciclomotores, o aumento foi de 72%.

Nos últimos 10 anos, o Nordeste se tornou a área que mais conta com vítimas indenizadas pelo Seguro DPVAT em função de ocorrências com motos. No recorte por Estado, o Ceará é o segundo colocado com mais de 335 mil benefícios pagos.

Ceará Agora 
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial