-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

25 dezembro 2019

Prefeito assassinado recebe últimas homenagens em Granjeiro, sepultamento será as 17 hs






João Gregório Neto, conhecido como “João do Povo”, está sendo velado na Câmara Municipal de Vereadores da cidade de Granjeiro, no início da tarde desta quarta-feira (25). Desde ontem à noite, o corpo do prefeito estava na residência dele, que fica próxima ao local onde foi assassinado, na manhã de ontem. Após a sessão solene na Câmara, está prevista uma bênção na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição.

Da Câmara, o corpo de João do Povo segue para a cidade de Várzea Alegre, onde ele morou parte da vida e será sepultado às 17h. Na pequena cidade do Cariri cearense, o clima ainda é de consternação. O velório é acompanhado por centenas de pessoas.

“Isso nos causa comoção e preocupação. A gente quer logo que todas as autoridades descubram quem efetuou os disparos. É uma situação que causa dor, mas também traz muito medo na gente”, comenta o vereador Luís Márcio Pereira, presidente da Câmara.

Para ele, o crime chama ainda mais atenção porque um assassinato semelhante foi registrado nas proximidades do açude Junco, há dois anos.



Dezenas de pessoas acompanham homenagens.Foto: Valéria Alves

O prefeito da cidade de Caririaçu, Edmilson Leite, também está em Granjeiro e disse que o outro município está de luto. “Há alguns anos, Granjeiro era distrito de Caririaçu, então os prefeitos têm uma boa amizade. Sempre tive o maior respeito pelo João. Ele queria muito ver o município dele se desenvolvendo”, relata.



Investigação

João Gregório Neto foi morto a tiros enquanto caminhava próximo à sua casa. Segundo moradores da cidade, um carro com suspeitos foi visto se aproximando do gestor municipal. Logo depois, foram ouvidos pelo menos três disparos. Ele foi atingido pelas costas. O carro utilizado pelos criminosos foi flagrado por uma câmera de segurança.

O governador Camilo Santana determinou "rigor absoluto nas investigações, com reforço de equipes na região, para que os criminosos sejam identificados e presos o mais rápido possível". Na manhã desta quarta, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que as diligências para encontrar os assassinos continuam.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial