-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

14 fevereiro 2020

Deputada Augusta Brito destaca implantação de Nucas nos municípios


Deputada Augusta BritoDeputada Augusta BritoFoto: Edson Júnior Pio
A deputada Augusta Brito (PCdoB) destacou, durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta sexta-feira (14/02), a implantação dos Núcleos de Cidadania dos Adolescentes (Nucas) nos municípios cearenses. Os Nucas são instâncias de participação no âmbito dos municípios, cujas atividades ajudam a alcançar a pontuação para o Selo Unicef.
Conforme a parlamentar, existe uma orientação para que os municípios formem esses núcleos, que tem como principal objetivo dar protagonismo e participação aos adolescentes na discussão sobre políticas públicas e garantia de direitos, não só da adolescência, mas sobre a comunidade como um todo.
“A ideia é colocar essa juventude em diálogo com os conselhos de mulheres, do idoso, da infância e juventude , debater temas diversos de forma propositiva, realizando audiências públicas, protagonizadas pelos adolescentes, de forma a acolher os possíveis encaminhamentos que saiam dali”, explicou.
Ela informou também que participará de uma dessas audiências na próxima quarta-feira, na Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, onde os adolescentes irão mediar um debate com o tema Mulheres e Meninas em espaços de Poder. “É algo que não vemos sendo debatido normalmente nesses espaços, ainda mais com participação ativa de adolescentes”, comemorou.
Augusta Brito também comentou o atrito entre os deputados Leonardo Araújo (MDB) e Patrícia Aguiar (PSD). Ela afirmou que a Procuradoria da Mulher vai protocolar a abertura de inquérito para investigar a conduta do funcionário citado por Leonardo Araújo e as acusações de chantagem a uma funcionária da Casa.
Ela lembrou caso ocorrido no ano passado, em que funcionário da Casa também ofendeu as mulheres em sua rede social. Na ocasião, o inquérito realizado não afastou o funcionário de suas atividades, dando-lhe “apenas uma advertência”, conforme lembrou Augusta Brito.
“Nós vamos investigar esse caso, mas quero lembrar que ofensa é ofensa, e o que vale para um, vale para todos. Da outra vez, o funcionário em questão promoveu uma série de ofensas às mulheres, e não apenas as que foram levantadas no inquérito. Ele continuou, temos os registros guardados, e posso trazer para analisarmos e compreendermos a gravidade de se realizar determinadas declarações em redes sociais”, criticou.
A deputada Dra. Silvana (PL), em aparte, cobrou a investigação desse caso de chantagem citado na discussão entre os parlamentares, e sua punição.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial