-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

30 maio 2020

Vovô e Leão apoiam antecipação de reinício do Estadual








Após o Governo do Estado liberar os clubes de futebol a retomarem os treinamentos nesta segunda-feira, 1º de junho, a projeção se volta para a possibilidade de retorno das partidas, o que só poderia ocorrer a partir de 20 de julho, na fase 4 do plano de retomada econômica, com a abertura de espetáculos, nos quais estão incluídos os jogos de futebol. Mas ontem surgiu uma possibilidade de o Campeonato Cearense ter sua volta antecipada para o começo de julho.

A possibilidade foi ventilada pelo secretário do Esporte e Juventude do Estado, Rogério Pinheiro, e tem o apoio de Ceará e Fortaleza, mas ainda não é definitiva.


Isso acontecerá se tudo ocorrer conforme o plano de retomada das atividades econômicas no Estado, com a queda do número de contaminados e de óbitos no período. Assim, com os clubes prontos, a expectativa é de que os jogos do Estadual voltem a ser disputados na 3ª fase do plano do Governo, prevista para o início de julho, já que seriam disputados de portões fechados.

"É o que a gente está buscando propor. A gente apresenta propostas e avalia a possibilidade. Não é uma afirmação exata. Mas há a expectativa que possa voltar em meados de julho, com portões fechados, e possa concluir pelo menos o Campeonato Cearense", destacou o secretário do Esporte e Juventude (Sejuv), Rogério Pinheiro.

Para que isso possa se concretizar, além do aval do Governo do Estado e das autoridades sanitárias, será realizado um protocolo próprio para os jogos, com participação dos clubes, e determinação de ações a serem realizadas, além das estabelecidas nos protocolos de treinos.

Os dois clubes de maior torcida no Estado, Ceará e Fortaleza, iniciam os treinamentos na segunda-feira (1º) e são favoráveis a uma antecipação do Estadual, contanto que de forma segura, como destacam seus presidentes.

"A data exata do retorno ainda não está definida. Deverá ser definida ainda entre Federação e clubes. Mas deverá ser no começo de julho, com jogos realizados de portões fechados. Os clubes precisam voltar, com cuidados", declarou Robinson de Castro, presidente do Ceará.

Marcelo Paz, mandatário do Fortaleza, analisou a possibilidade. "Temos sempre que seguir orientações das autoridades públicas sanitárias. Se derem o aval em voltar neste período, eu sou a favor. Os clubes cuidarão dos protocolos".

O presidente da Federação Cearense de Futebol (FCF), Mauro Carmélio, preferiu não se alongar sobre uma antecipação do Cearense. "Primeiro, trabalhamos para a volta dos treinos. Agora, vamos fazer já o preparo técnico do campeonato em si. Tudo vai ter um cuidado muito grande".

DN 
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial