-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

11 julho 2020

Deputado Leônidas Cristino (PDT/CE), na sessão remota desta quinta-feira (10), representa o líder do PDT na Câmara, fala sobre a importância da chegada das Águas do São Francisco ao Ceará


A imagem pode conter: 2 pessoas

Ontem, quinta-feira, representei o líder, Wolney Queiroz, na sessão remota da Câmara Federal e usei o tempo da liderança do PDT para falar sobre a importância da chegada das águas do Rio São Francisco ao Ceará. Eis o discurso proferido.
Sexta-feira, dia 26 de junho, em Penaforte, no Ceará, o governo Federal abriu as comportas do Eixo Norte da Transposição e as águas do rio São Francisco chegaram ao território cearense. Esta obra tem grande importância para a segurança hídrica do Nordeste.
Sobretudo para o Ceará, que possui 93% território inserido no seminário nordestino. Segurança hídrica é um dos eixos do projeto de desenvolvimento do estado.
A escassez hídrica no Nordeste brasileiro se agrava com as mudanças climáticas que já produzem impacto na pluviometria. A região atravessou anos seguidos de seca, sem recarga suficiente dos reservatórios.
Diante deste quadro, o Ceará investe na ciência hidráulica e na engenharia para não depender só da água da chuva no seu abastecimento.
As águas da transposição federal que chegam à barragem de Jati vão ser conduzidas através do Cinturão das Águas até a Região Metropolitana de Fortaleza. Esta é uma obra do governo do Ceará que está em fase avançada de execução, um sistema de canais, túnel e estação de bombeamento.
A grande parte da obra da transposição do rio São Francisco - 95% - foi realizada nos governos Lula, Dilma e Temer. No governo Lula, Ciro Gomes, então ministro da Integração Nacional, teve apoio para fazer o traçado dos canais, resolver toda parte de licenciamento ambiental, iniciar e conduzir o projeto da transposição de bacias hidrográficas.
Ciro Gomes trouxe para o Ministério da Integração Nacional a experiência e a coragem política de ter livrado a Região Metropolitana de Fortaleza da ameaça de colapso no abastecimento de água, em 1993. Tive a honra de ser secretário de Infraestrutura na gestão de Ciro governador, quando construímos em 90 dias o Canal do Trabalhador com 120 Km, que hoje continua em operação.
O Canal do Trabalhador, que teve o comando técnico do engenheiro José Cândido Pessoa, é uma prova da capacidade da engenharia brasileira. Se o Brasil tivesse capacidade de gestão à altura de nossa engenharia e como foi demonstrada por Ciro Gomes, este projeto nacional sonhado por Dom Pedro II já estaria em operação há muito tempo.
Muitos atrasos e paralisações ocorreram em quase 13 anos até a chegada da água do São Francisco ao Ceará. Por 10 vezes ocupei a tribuna da Câmara para reclamar das interrupções e defender a urgência da retomada deste projeto, desde o governo Dilma, Temer e o atual, com a pressão parlamentar e do governador Camilo Santana.
Esta é uma vitória de todos que acreditaram na ideia e lutaram por ela. É a vitória de que é possível um Brasil em que todos sonhamos.
Muito obrigado.
Deputado Federal Leônidas Cristino - PDT/CE
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial