-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

21 agosto 2020

Assembleia suspende, com 29 votos a favor, mandato de André Fernandes







Durante uma sessão acalorada que durou cerca de 6 horas, a Assembleia Legislativa votou, em sua maioria, pela cassação temporária do mandato do deputado André Fernandes, do Republicanos, que sofreu o processo por acusar o deputado Nezinho Farias, do PDT, de fazer parte do crime organizado. Foram 29 votos a favor, 11 votos contra e 3 abstenções.



Acompanhando toda a sessão de forma presencial, André Fernandes chegou a pedir
desculpas ao deputado Nezinho Farias e também ao deputado Osmar Baquit, ambos do PDT. Mas durante as justificativas dos votos, os debates foram ganhando tons mais fortes.

Após a leitura do resultado, que foi feita pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Sarto, do PDT, o deputado, agora suspenso por 30 dias, André Fernandes pediu a palavra e disse estar com um sentimento misto de “decepção e honra”.

Há 16 anos, a Assembleia Legislativa do Ceará não suspendia um parlamentar. Com a suspensão, André Fernandes terá todas as verbas referentes ao mandato bloqueadas e nem mesmo poderá comparecer na Casa durante o cumprimento da punição.

Veja como foram os votos:

Votaram contra o projeto de resolução os deputados Soldado Noelio, Tony Brito (Pros), Fernanda Pessoa (PSDB), Heitor Férrer, Leonardo Araújo, (MDB), Apóstolo Luiz Henrique, David Durand (Republicanos), Delegado Cavalcante (PSL), Dra. Silvana, Nelinho (PSDB) e André Fernandes.

Já favoráveis à punição, se posicionaram os deputados Salmito (PDT), Érika Amorim (PSD), Fernando Santana (PT), Evandro Leitão (PDT), Patrícia Aguiar (PSD), Leonardo Pinheiro (PP), Acrísio Sena (PT), Agenor Neto (MDB), Antônio Granja (PDT), Augusta Brito (PCdoB), Bruno Pedrosa (PP), Carlos Felipe, Elmano Freitas (PT), Osmar Baquit (PDT), Bruno Gonçalves (PL), Romeu Aldigueri (PDT), Guilherme Landim (PDT), Jeová Mota (PDT), João Jaime (DEM), Manoel Duca (PDT), Marcos Sobreira (PDT), Moisés Braz (PT), Nezinho Farias (PDT), Nizo Costa (PSB), Queiroz Filho (PDT), Renato Roseno (Psol), Sérgio Aguiar (PDT), Tadeu Oliveira (PSB) e Walter Cavalcante (MDB).

Foram registradas três abstenções: Audic Mota (PSB), Fernando Hugo (PP) e Lucílvio Girão (PP). Estavam ausentes Danniel Oliveira (MDB) e Aderlânia Noronha (SD).

Ceará Agora 
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial