-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

02 novembro 2020

WhatsApp bane 256 contas por disparos nas campanhas



O disparo em massa em aplicativos de mensagens, como o WhatsApp, é considerado ilegal e passível de punição por desequilibrar as eleições (Foto: Allan White/ Fotos Públicas)

Nesta terça, 29, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que, em parceria com o WhatsApp, recebeu, em um mês, 1.020 denúncias de disparos de mensagens em massa com características de conteúdo eleitoral - uma média de 34 por dia. A prática foi proibida na campanha deste ano pela Justiça Eleitoral.

As denúncias envolvem 720 contas ativas do aplicativo, das quais 256 foram banidas (35%). O conteúdo de desinformação encontrado na campanha deste ano se refere, principalmente, a notícias falsas sobre urnas eletrônicas e mentiras que já circulavam em 2018 e retornaram agora na plataforma como "fake news recicladas".


O disparo em massa é considerado ilegal e passível de punição por desequilibrar as eleições. Pode render multa e servir de prova, em investigação posterior e processo judicial, para cassação de mandatos.

O POVO 
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial