-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

22 janeiro 2021

Substituições em cargos federais no Ceará movimentam deputados em Brasilia visando eleição na câmara







Legenda: Baleia Rossi, ao lado da deputada Gorete Pereira e dos deputados José Airton Cirilo e Moses Rodrigues
Foto: Camila Lima



Há em Brasília um movimento da bancada cearense para garantir votos ao deputado Baleia Rossi (MDB), que disputa a presidência da Câmara Federal com o candidato apoiado pelo Palácio do Planalto, Arthur Lira (PP). Ainda que Rossi esteja, até agora, em vantagem na conversão de votos dos cearenses, um movimento em torno do comando de cargos federais no Estado preocupa os aliados do atual presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-SP), principal fiador da candidatura de Rossi.

A exoneração da superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT-CE), que ocorreu na última segunda-feira (18), é tida por parlamentares como indicativo de que substituir nomes em cargos federais pode garantir votos para Lira no Ceará.
Saídas

Por ordem que teria partido da Secretaria de Governo, comandada pelo general Luiz Eduardo Ramos, que cuida da articulação política do Governo Bolsonaro, a ex-superintendente do Dnit, Liris Silveira, que ocupava o cargo há dois anos, deixou a função na sexta-feira (15). A exoneração foi tornada oficial na segunda-feira (18).

No lugar dela, deve assumir Francisco Barroso Rodrigues, nome ligado ao deputado federal Junior Mano (PL), que apoia a eleição de Arthur Lira. Trocas de comando também estariam ocorrendo no Iphan, no Ibama, no INSS e na Companhia Docas, todos órgãos federais no Ceará. A reportagem tentou contato com Junior Mano, mas não obteve resposta até a publicação.


Na terça-feira (19), foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), a exoneração de Júlio Aquino Júnior do cargo de superintendente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no Ceará.

Ele havia sido uma indicação do deputado Heitor Freire (PSL). Segundo o parlamentar, ele foi informado da exoneração do aliado e aponta como "natural esse realinhamento nos últimos dois anos de mandato". Freire afirmou ainda, na ocasião, que está "avaliando nomes com preparo técnico para uma nova indicação".
Movimento nacional

O deputado Moses Rodrigues (MDB-CE) observa que movimento parecido ocorre em todo o País.



“Existe uma tentativa de forçar o parlamentar em votar no Arthur Lira [...] o que temos feito é combater isso", diz.



Parlamentares avaliam, a preço de hoje, que o placar na bancada cearense estaria em 16 votos para Baleia e 6 para Lira. Na semana passada, os dois concorrentes estiveram no Ceará para atrair aliados.



Legenda: Arthur Lira, ao centro, com os deputados Capitão Wagner, Domingos Neto, AJ Albuquerque e Pedro Bezerra
Foto: Thiago Gadelha



Na quinta-feira (14), uma comitiva de deputados cearenses acompanhou a visita e firmou apoio a Arthur Lira no Ceará. São eles: Capitão Wagner (Pros), Domingos Neto (PSD), AJ Albuquerque (PP), Dr. Jaziel (PL) e Pedro Bezerra (PTB).

No dia anterior, Rossi havia sido recebido no Palácio da Abolição, pelo Governador Camilo Santana (PT). Ao todo, 12 dos 22 deputados estiveram presentes.

Ontem (20), Pedro Bezerra, que participou de ambas as visitas, deixou a ala dos indecisos e declarou apoio a Lira:



"O meu partido escolheu apoiá-lo e vou seguir", disse.



Parte do grupo que apoia o candidato do MDB, no entanto, permanece em Brasília nesta quinta-feira (21) para evitar a perda de apoios a Rossi e tentar expandir o placar contra o candidato apoiado pelo Governo Federal.

DN 
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial