-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

05 março 2021

Restaurantes: Camilo anuncia auxílio de R$ 1 mil reais a profissionais






O governador Camilo Santana (PT) anunciou ações de apoio ao setor de bares e restaurantes, dentre as quais, está o auxílio de R$ 1 mil, dividido em duas parcelas, para trabalhadores, além de isenção de conta de água e IPVA para estabelecimentos do setor.

Outras medidas anunciadas foram: parcelamento de todos os débitos do ICMS dos estabelecimentos em 60 vezes; isenção de IPVA 2021 para veículos registrados em nome de empresas de setor ou carro de microempreendedor individual; selo Lazer Seguro, como foi feito com hotéis, para bares e restaurantes. Dará tratamento diferenciado a quem cumpre medidas com rigor; isenção da conta de água de todos os bares, restaurantes, barracas de praia e afins dos meses de março, abril e maio; todos os débitos de água desde março de 2020 até o fim de fevereiro de 2021 serão isentados. Ficam isentos também da tarifa de contingência.


Em um pronunciamento, o governador disse que “vivemos hoje um dos momentos mais graves da pandemia da Covid. Essa segunda onda veio com mais força ainda e atinge todo o país e todo o nosso estado ao mesmo tempo, sufocando a rede de saúde. Apesar dos esforços para abrirmos mais de 3.200 leitos extras em tempo recorde, só na rede pública, não tem sido suficiente, pela velocidade de contaminação. Continuamos abrindo leitos, mas tanto no sistema público quanto no privado, o número de pacientes cresce numa velocidade maior que a capacidade de atendimento. Nossas equipes de saúde, verdadeiros heróis, estão no limite e se esforçam para acolher a todos da forma mais digna. Não tem sido fácil”.


Ainda segundo o governador, “apesar do início da vacinação, o processo tem sido lento, porque dependemos hoje, unicamente, do fornecimento pelo Governo Federal, apesar de continuarmos buscando vacinas no mercado todos os dias. O momento é de alerta máximo, e requer medidas ainda mais fortes para tentarmos conter a pandemia. É necessário diminuir a circulação de pessoas urgente para evitar que mais e mais cearenses sejam contaminados, e corram o risco de precisar de um leito e não conseguir”



← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial