-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

09 agosto 2021

Com variante Delta , Ceará não avança na retomada e decreto não deve ter alterações




No início da tarde desta sexta-feira (6), o governador do Estado, Camilo Santana (PT) informou que o novo decreto que deve entrar em vigor na próxima segunda-feira (9) não deve ter nenhuma alteração em relação ao que está valendo até então. Segundo ele, a chegada da variante Delta é motivo de preocupação para os gestores e, por isso, o Comitê de Combate à Covid optou por não avançar na retomada.



“O Comitê decidiu que por precaução e prudência, diante do surgimento desta variante Delta, não fazer alterações ou avanços no decreto atual”, informou o governador. “Até porque esses casos foram identificados a menos de duas semanas. Nós precisamos saber como vai ser o comportamento da variante Delta aqui no Ceará”.


Camilo Santana afirmou que o Governo está reforçando as medidas que visam identificar os possíveis casos desta nova variante, testando as pessoas que entram no Ceará através dos aeroportos e rodoviárias. Até o momento, já foram identificados 15 casos de pessoas infectadas com a variante Delta no Estado.


Segundo Camilo Santana, diante deste cenário, o Governo do Ceará vai entrar na justiça solicitando medidas de prevenção para evitar a entrada de pessoas infectadas no Estado. “Estamos ingressando com ação judicial para exigir que os passageiros que vierem ao Ceará, na hora do embarque, na origem, possam apresentar o exame de PCR no prazo de 72h ou comprovar a vacinação com as duas doses”, informou o governador.


O gestor acrescentou que esta é uma decisão que precisa ser tomada pelo Governo Federal, mas como não foram tomadas providências até agora, o Estado vai solicitar que sejam adotadas estas medidas.

A Voz de Santa Quitéria 
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial