-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

08 setembro 2021

Senadores do Ceará adotam tons diferentes sobre atos a favor de Jair Bolsonaro






Os três senadores cearenses se pronunciaram, nesta terça-feira, sobre as manifestações do 7 de Setembro, de apoio ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), ocorridas nesta terça-feira. Cada um adotou um tom específico.
Para Cid Gomes (PDT), opositor de Bolsonaro, o presidente “aposta no ódio e na violência. Usa o 7 de setembro para criar o caos e ameaçar a democracia. Desvirtua o sentimento nobre de amor à pátria para fomentar suas intenções golpistas. Protejam-se e não caiam nas provocações. Todo cuidado é pouco!”, finaliza.Foto: Agência Senado





O senador Eduardo Girão (Podemos), por sua vez, compareceu às manifestações, mas procurou se pronunciar de modo independente ao governo. Conforme anunciou na véspera, ele foi às ruas “como cidadão que não abre mão da liberdade de expressão” e disse que não subiria em palanque pois considera que o ato transcendia o apoio à gestão federal. Nesta terça, pontuou que milhares de pessoas nos atos clamam por liberdade e que “agora é preciso refletir sobre o impacto das manifestações”, garantindo ainda que estará hoje no Senado tratando de questões “pelo bem da democracia”.

Tasso Jereissati (PSDB), por sua vez, se absteve de falar sobre as manifestações. “Hoje, 7 de setembro, celebramos a Independência do Brasil. Que possamos lembrar das vitórias do passado, sem esquecer da importância de, juntos, lutarmos por um futuro mais digno para o nosso País”, escreveu.

O Estado 
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial