-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

12 outubro 2021

Com prejuízo milionário , Globo corre com demissões e promove "dança das cadeiras" em seu time



Mudanças foram anunciadas neste domingo (10)

Por: Imprensa Livre do CearáFonte: Revista Oeste
Compartilhe:


O correspondente em Washington, Luís Fernando Silva Pinto, foi cortado, entre outros nomes fortes do jornalismo.


A rede Globo anunciou neste domingo, 10, uma “dança das cadeiras” entre seu time de jornalistas. Tadeu Schmidt assumirá o Big Brother Brasil em 2022; Maju Coutinho comandará o Fantástico e César Tralli ficará com o Jornal Hoje, comunicou a empresa, em nota.

A mais recente mudança nos quadros da Globo havia ocorrido em junho, com a saída do apresentador Fausto Silva, e sua substituição por Luciano Huck — Marcos Mion passou a cobrir o vácuo deixado por Huck aos sábados. Repentinamente, o jornalista Tiago Leifert disse que sairia da companhia.
Prejuízos

No primeiro semestre deste ano, a Globo registrou prejuízo de R$ 114 milhões — alta de 122% em relação ao mesmo período de 2020, quando perdeu R$ 51 milhões. A receita líquida foi de R$ 6,5 bilhões — avanço de 17%. A empresa cortou R$ 281 milhões em pessoal de janeiro a junho. Os dados foram divulgados ao mercado no início de setembro.
Demissões

Recentemente, a emissora optou por demitir a diretora de núcleo Denise Saraceni (responsável por sucessos como Cheias de Charme e Da Cor do Pecado) e alguns dos mais experientes repórteres do canal, entre eles Alberto Gaspar, Ari Peixoto e Roberto Paiva. O correspondente em Washington, Luís Fernando Silva Pinto, foi cortado, entre outros nomes fortes do jornalismo.

Em 2020, fora a vez de artistas como Antônio Fagundes, Vera Fischer, Malu Mader, Gloria Menezes, Reynaldo Gianecchi, Stênio Garcia, Angélica e Lázaro Ramos — todos com rendimento mensal acima de R$ 100 mil.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial