Suspeito de matar brasileira a facada nos EUA é encontrado morto


Suspeito de matar brasileira a facada nos EUA é encontrado morto
Corpo de Edirlei Ramos Tofoli foi achado dentro de veículo no México
Escrito por Redação , 23:10 - 09 de Julho de 2024
Mundo
Legenda: Edirlei Ramos Tofoli é apontado como principal suspeito da morte de Elidênia Jorge da Silva
Foto: Reprodução/Facebook


O corpo do principal suspeito da morte da brasileira Elidênia Jorge da Silva foi encontrado morto dentro de um veículo, nesta terça-feira (9). Edirlei Ramos Tofoli, 44 anos, estava na fronteira entre os Estados Unidos e México, na cidade mexicana de Tijuana. Conforme o Uol, ele estava sendo procurado pela polícia desde a última quinta-feira (4), data da morte da diarista Elidênia Jorge da Silva, 49 anos.


A brasileira foi esfaqueada até a morte na cidade de Richmond, na Califórnia, nos Estados Unidos. Em meio às investigações do caso, a polícia estadunidense confirmou a morte de Edirlei para os familiares da vítima, que era natural de Morrinhos, em Goiás.

Os dois mantinham um relacionamento. O Ministério das Relações Exteriores declarou que está à disposição para prestar assistência consular necessária para os parentes da diarista.



Entenda o caso da morte da brasileira

A diarista Elidênia Jorge da Silva foi encontrada pelos sobrinhos, após um deles invadir a casa da tia. Eles tentaram contato, mas ela não respondia. No local, encontraram uma camisa de Edirlei suja de sangue, e não havia mais nenhuma roupa dele no armário.


Em entrevista ao Uol, o sobrinho da vítima, Lucas Lima, contou que eles tentavam falar com ela. "A filha dela mandou uma mensagem para a minha mãe falando que ela não respondia há dois dias", disse. Lucas também vive em Richmond.

Elidênia trabalhava como diarista há seis anos, nos Estados Unidos.

DN

Comentários