'Vovós do crime': idosas são presas suspeitas de aplicar golpes em benefícios do INSS









'Vovós do crime': idosas são presas suspeitas de aplicar golpes em benefícios do INSS
O grupo criminoso, que conta com outras duas pessoas, foi preso em flagrante por estelionato e associação criminosa
Escrito por Redação , 10:25 - 06 de Julho de 2024
País
Legenda: Idosas foram presas após tentar aplicar golpes em benefícios do INSS com documentos falsos
Foto: Divulgação/Polícia Civil de Goiás


Quatro pessoas foram presas em Orizona, Goiás, na última quinta-feira (4), suspeitas de integrar um grupo criminoso que aplicava golpes em benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).


Entre os capturados, estão duas idosas, de 66 e 78 anos, que ficaram conhecidas como "vovós do crime".

Segundo o g1, com informações da Polícia Civil, os criminosos usavam documentos falsos para se apresentar em agências bancárias e sacar os benefícios.

A prática foi descoberta após a idosa de 66 anos tentar sacar o benefício com uma guia do INSS, carteira de trabalho e identidade falsas.

Os funcionários do banco desconfiaram da veracidade dos documentos e acionaram a Polícia. A idosa foi abordada pelos agentes enquanto tentava entrar em um carro, que estava ocupado pelos outros investigados presos.

Com o grupo — que contava, ainda, com uma mulher de 40 anos e um homem de 25 —, os policiais encontraram vários outros documentos falsos e R$ 4,4 mil em espécie.


Estelionato e associação criminosa

A Polícia Civil informou que, pouco antes de o grupo ser abordado pelas forças de segurança, a idosa de 78 anos havia feito um saque de R$ 2,8 mil em uma agência bancária de Urutaí, também usando documentos falsos.

Os criminosos estavam há pelo menos uma semana em Orizona aplicando os golpes. Eles foram presos em flagrante pelos crimes de estelionato e associação criminosa

DN

Comentários