-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

R Dias

23 maio 2018

Deputado Moisés Braz (PT), parabeniza os Apícultores



 
[DIA DO APICULTOR] Com alto potencial de rentabilidade econômica, a apicultura vem se consolidando como opção para a agricultura familiar em todo o país, especialmente no Nordeste. Mesmo nos períodos de estiagem prolongada, a diversidade de floração das espécies do bioma caatinga garante uma produção constante durante todo o ano. Além de uma alternativa de renda para agricultores e agricultoras familiares, a apicultura favorece o cooperativismo e pode colaborar no reflorestamento da caatinga. Produto com bom valor agregado, o mel é comercializado nos programas institucionais como PAA e PNAE e já está inclusive sendo exportado para outros países. Neste dia do apicultor, nossa homenagem a todos aqueles que, em menor ou maior escala, trabalham pelo desenvolvimento desta importante atividade.

São Benedito: Prefeito Gadyel Gonçalves participa da XXI- Marcha dos Prefeitos em Brasilia


A imagem pode conter: 10 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

Dentro da programação da XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, na tarde de hoje, aconteceu o primeiro painel com os pré-candidatos à Presidência da República. Um dos presidenciáveis que participou do momento de diálogo com os prefeitos e prefeitas brasileiras foi nosso conterrâneo Ciro Gomes, que abrilhantou o evento com propostas claras e uma postura municipalista sólida. Ciro Gomes arrancou aplausos entusiasmados quando se colocou completamente à disposição das lutas municipalistas e assinou a Carta de Compromisso com o Brasil.

MDB lança programa de governo e confirma candidatura de Meirelles







O presidente Michel Temer (MDB) confirmou nesta terça-feira (22) que Henrique Meirelles será o candidato do MDB à Presidência nas eleições de outubro deste ano. Meirelles foi ministro da Fazenda de Temer e lançou sua pré-candidatura no início de abril. O partido também lançou nesta terça o programa de governo “Encontro com o Futuro”.

Em determinado momento do discurso, ao comentar os feitos de seu governo, Temer disse esperar que Meirelles pegue o comando do país com “tranquilidade absoluta” e desejou que o ex-ministro seja o único candidato de centro nas eleições.

“Tenho enorme prazer de dizer que ficarei orgulhosíssimo se um dia Meirelles for proclamado, pelo voto popular, presidente da República Federativa do Brasil”, declarou. Ao que o público presente aplaudiu a frase, mas sem o entusiasmo desejado, Temer ponderou que é preciso “animar um pouco o auditório”.

O “Encontro” tem 41 páginas e traz a análise de cenários políticos e socioeconômicos e diretrizes de como lidar com os problemas do país no próximo governo. Ele é considerado uma continuação do “Ponte para o Futuro”, lançado pelo MDB no final de 2015, quando do início do estremecimento das relações do partido com a ex-presidente Dilma Rousseff, do PT. Meses depois, ela sofreria impeachment e o presidente Michel Temer, então como vice, assumiu seu lugar.

“Com nossa união, vamos eleger um presidente da República do MDB. Temos de fazer isso para salvar o Brasil”, declarou o presidente do partido, líder do governo no Senado e senador Romero Jucá (RR).

Meirelles já era dado como certo dentro do MDB. Ele tem intensificado visitas a parlamentares do partido e ajudou a escrever o texto do “Encontro”.

Algumas das vantagens de Meirelles perante Temer, que cogitou por um tempo ser candidato à reeleição, é a menor rejeição da população ao seu nome, a possibilidade de poder bancar toda sua campanha com recursos próprios – liberando verba para deputados e senadores – e a flexibilização de dissidentes de Temer no MDB poderem fazer alianças regionais junto a partidos de esquerda, como o presidente do Senado, Eunício Oliveira, no Ceará.

Por ter sido presidente do Banco Central no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Meirelles é visto como esperança do MDB para conseguir votos de simpatizantes do petista, atualmente preso e proibido de participar do pleito deste ano.



Com informação do G1

Presidente Paulo Vasconcelos lança programa "Câmara Mirim de Sobral"



O presidente da Câmara de Sobral, vereador Paulo Vasconcelos (PDT) lança o Programa Câmara Mirim de Sobral, através da Portaria nº 563/18, de 14 de maio de 2018; considerando o Decreto Legislativo nº 747/18, de 07 de maio de 2018, que cria no âmbito da Câmara Municipal de Sobral o “Programa Câmara Mirim”, com o objetivo de estimular a participação política da juventude sobralense e de cidades circunvizinhas.  
Na portaria o presidente Paulo Vasconcelos instituiu a COMISSÃO PROVISÓRIA para coordenar o Programa Câmara Mirim. 
A Câmara Mirim de Sobral inicialmente terá uma sala no prédio principal do Legislativo Sobralense, na praça Dom Jerônimo.
O processo de escolha dos vereadores mirins será através de votações nas escolas públicas das redes municipal e estadual de ensino.
Sobral de Prima

Pai e Filho presos por suposta fraude em licitações de prefeituras


Resultado de imagem para imagens de licitação



O empresário Francisco Dager Mourão de Albuquerque e o filho - também empresário - Wendel Felício de Albuquerque foram presos preventivamente na manhã de ontem (22) em razão de investigações acerca de fraudes em licitações de prefeituras cearenses no âmbito da Operação "Cascalho do Mar". A terceira fase da ação conjunta do Ministério Público do Ceará (MPCE) e Polícia Civil foi deflagrada após decisão da desembargadora Lígia Andrade de Alencar Guimarães, do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE).

Além das detenções de pai e filho, a magistrada também determinou o cárcere de José Darlan Pereira Barreto, o qual já estava preso em razão da Operação "Malabares" - uma investigação desencadeada em 28 de março deste ano como desdobramento da "Cascalho do Mar".

De acordo com o Ministério Público, Francisco Dager Mourão de Albuquerque e Wendel Felício de Albuquerque são suspeitos de atuar como "líderes de uma organização criminosa que fraudava procedimentos licitatórios para prestação de serviços diversos em prefeituras cearenses".

Além das prisões preventivas de ambos, as instituições cumpriram mandados de busca e apreensão na Capital e na cidade de Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Na ocasião, foram sequestrados celulares, computadores, veículos e documentos em firmas e residências vinculadas ao suposto grupo criminoso.

Segundo o MPCE, Francisco Dager Mourão e Wendel Felício já haviam sido investigados em operação similar em 2015. À época o Ministério Público Federal e a Polícia Federal apuraram se eles cometiam fraudes em licitações para contratação e execução de serviços de transporte escolar e locação de veículos.

Histórico

A Operação "Cascalho do Mar" pretende desarticular uma organização criminosa que cria empresas em nome de "laranjas", omitindo nomes na razão social de algumas firmas com a fim de fraudar licitações em prefeituras cearenses. Algumas empresas não têm patrimônio nem funcionários; eles só eram contratados após a vitória da licitação pública. A primeira fase da Cascalho do Mar foi deflagrada em dezembro de 2017 e a segunda já em março deste ano. Já foram presos empresários e procuradores de firmas investigadas.

Deputado leva óleo de peroba ao plenário da AL



Deputado Roberto Mesquita levou para o plenário da Assembleia, ontem, vários vidros de óleo de peroba, distribuindo-os com colegas ( FOTO: JOSÉ LEOMAR )

O deputado Roberto Mesquita (PROS), um dos que mais defenderam o conselheiro em disponibilidade do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Domingos Filho, quando do rompimento deste com o grupo do governador Camilo Santana e no curso do processo de extinção do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), surgiu ontem na Assembleia com vidros de óleo de peroba. Para o parlamentar, "o que estamos assistindo hoje é um verdadeiro disparate: pessoas se unindo para manterem seus empregos e, pasmem, que são os mandatos legislativos", disse ele, referindo a adesão do próprio Domingos e outros ao grupo representado por Camilo.

O anúncio da saída de Domingos Filho, de seus liderados e do deputado federal Genecias Noronha, presidente estadual do Solidariedade, da oposição, para integrarem-se ao grupo governista, foi o principal tema levado à sessão ordinária do Legislativo estadual, na terça-feira, por alguns oposicionistas. Os governistas, a maioria surpresos com os fatos noticiados, só tratavam do assunto nos corredores que levam ao plenário da Assembleia.

Exibindo garrafas de óleo de peroba da tribuna da Assembleia, Mesquita criticou aqueles que praticam a "política da cooptação" em nome do poder. "Se hoje te amo, amanhã te odeio. Nós precisamos usar essa tribuna para fazer com que o óleo de peroba venda menos para que os homens públicos não sejam como os marinheiros, que deram origem a essa expressão e saíam por aí mentindo", disse o deputado que, no ano passado, fazia pronunciamentos defendendo Domingos Filho.

Antes de Mesquita, o deputado Ely Aguiar (PSDC), que se classifica como "independente", criticou o comportamento de políticos que mudam de "lado" visando apenas ganhar "benefícios". Ele também colocou dois vidros de óleo de peroba sobre o púlpito, durante seu pronunciamento, dedicando-os aos políticos "caras de pau".

"Poucos têm hombridade moral, posição correta, para não ficar passando para o lado A, para o lado B, para o lado C. Não existe ideologia política e você passa de um lado para o outro com a finalidade de ganhar benefícios para si ou para seus familiares ou para algum correligionário que você queira prestigiar".

Prato

"Esses acordos, esses conchavos são feitos com a utilização do recurso público. Acho que a política é para pessoas que têm vergonha na cara. Para muitos políticos brasileiros, usar óleo de peroba é pouca coisa", continuou. O deputado ainda demonstrou indignação com aqueles que "cuspiram no prato que comeram, depois voltaram a comer no mesmo prato que cuspiram".

Para o deputado Carlos Matos (PSDB), hoje o "que vale é o interesse pessoal, não é o que é melhor para o Estado. Alguém que muda radicalmente uma posição da noite para o dia é o que? Um dia, um deputado chega aqui e faz uma crítica enorme ao Governo. Parece oposição de barganha, para ver se vale mais e, depois, valendo muito, já não fala mais. A cooptação que o governo fez de boa parte da oposição mostra que a política precisa, de fato, de uma grande reforma no País, para que sejam mais coerentes os caminhos e que a sociedade não fique tonta".

Diferentemente do deputado Genecias Noronha, que acertou sua ida para o Governo e nada disse aos oposicionistas, Domingos Filho, na segunda-feira (21), comunicou sua decisão ao senador Tasso Jereissati (PSDB).

DN

Fortaleza cada vez mais líder







Atacante Gustavo no momento que cabeceou para marcar o 1º do Leão ( FOTO: THIAGO GADELHA )


Mesmo mostrando cansaço, pois tinha jogado no dia 18 em Florianópolis contra o Figueirense/SC, o Leão venceu o Criciúma por 2x0, ontem à noite na Arena Castelão, disparando na liderança isolada do Campeonato Brasileiro da Série B, com 19 pontos.

Com a derrota do CSA/AL para o Figueirense, o Leão abriu quatro pontos de diferença do segundo colocado, o time alagoano. O próximo compromisso do Fortaleza será no dia 2 de junho, às 16 h30 contra o Sampaio Corrêa, na Arena Castelão.

O Leão manteve o mesmo ritmo intenso dos outros jogos contra o Criciúma. O Tigre Catarinense fez uma marcação alta, desde o início, procurando bloquear e buscar o contra-ataque.

João Paulo, Mailson e Elvis davam o primeiro combate, procurando fazer o desarme em cima dos zagueiros e volantes do Tricolor. Mas, o time leonino tratou logo de furar esse bloqueio e a saída veio aos 13 minutos. O lateral-esquerdo Bruno Melo cobrou um arremesso manual para o volante Jean Patrick, que se projetou ao ataque rente à lateral. Ele cruzou para a área e Gustavo cabeceou de cima para baixo e marcou 1x0.


Estrutura

O torcedor do Leão poderia perguntar se o volante Derley fez falta e se a ausência de Osvaldo pela esquerda ainda é sentida na formação da equipe. O meia Marlon, que substitui Osvaldo, funciona bem na organização de jogadas e também na recomposição do meio-campo, auxiliando quando o time estava sem a bola.

O volante Felipe torna a equipe mais ofensiva, mas não possui a característica de marcação de Derley. Mesmo com essa variação no modo de jogar do Leão, a equipe orientada pelo técnico Rogério Ceni prosseguiu mostrando a mesma boa articulação de jogadas, aproximação dos atletas e tabelas bem tramadas.

O Criciúma insistiu na marcação alta e o seu melhor momento foi quando o atacante João Paulo viu a defesa parar, esperando impedimento. Ele avançou na diagonal pela esquerda, mas Tinga acabou travando o seu chute a gol. De resto, o Fortaleza dominou as ações, tendo a seu favor, inclusive uma bola no travessão. O zagueiro Christian quase marcou um gol contra.

O Criciúma cresceu no segundo tempo, levando perigo ao gol de Marcelo Böeck. O centroavante Zé Carlos, que já atuou pelo Fortaleza, mandou uma cabeçada, que Böeck espalmou no ângulo superior.

Uma parte dos refletores se apagou aos 28 minutos do segundo tempo e a parada esfriou o Criciúma e recuperou o Leão.

O centroavante Wilson, que havia entrado no lugar de Gustavo, fez jogada na área aos 43 minutos. O volante Liel recuou mal e Leonan pegou a sobra, marcando 2x0 e fechando o placar para o time, que acabou merecendo, por ter tido um domínio maior do jogo, somando-se as duas etapas da partida.

22 maio 2018

Reforma Agrária em Pauta


A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, texto

REFORMA AGRÁRIA EM PAUTA] O encontro teve o objetivo de identificar demandas dos acampados/as e assentados/as da reforma agrária com a participação direta da Fetraece e dos Sindicatos. Assim como também dialogar sobre os desafios para a implementação da Politica Nacional de Reforma Agrária no que se refere a obtenção de terras e da consolidação das políticas referente a crédito, financiamento, infraestrutura e Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER).

Deputada Augusta Brito (PC do B), realizaram sessão solene em homenagem aos enfermeiros


A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas em pé

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

Deputada Augusta Brito realizou sessão solene em homenagem ao Dia da Enfermagem, comemorado dia 12 de maio. O evento foi realizado no Plenário 13 de maio e contou com a participação de diversas instituições. Em sua fala, a enfermeira Augusta ressaltou a união da categoria para obtenção de melhorias para a enfermagem.
"Nossa homenagem hoje é para valorizar toda a nossa categoria, destacando as entidades representativas da enfermagem, pois neste momento a unidade é fundamental para as nossas conquistas e a democracia do nosso país. Desejo destacar a representação de nós enfermeiros, no nome de Ana Valeska (Presidente da ABEN), Anísia Ferreira (Vice-presidente do SENECE), Ana Paula Brandão (Presidente do COREN), Fernanda Fontenele (Professora da UECE), Rogena Weaver (Professora da UVA) e Rosemiro Guimarães (Prof. Dr. do curso de Enfermagem da UVA. A todos você o meu muito obrigada", finalizou a deputada.

Deputado José Guimarães: "Cartas a Lula"


A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo

Quatro paredes não são suficientes pra aprisionar seus ideais. Pelos 4 cantos do Ceará, desde os bancos das universidades ao calor do sertão a palavra de ordem é Lula livre!
Querido companheiro e amigo Lula,

É triste e doloroso ver que o tempo vai passando e a injustiça se prolongando.

Você é um símbolo inconteste da luta que o Partido dos Trabalhadores sempre travou contra as injustiças sociais.

Nesse momento de tanta desesperança, você é a ideia que floresce, anima, dá forças e consegue mobilizar milhões de brasileiros e brasileiras que acreditam em uma sociedade mais justa e menos desigual. Quatro paredes não são suficientes pra aprisionar seus ideais.

Estamos do lado de fora, em liberdade, mas presos a sua história, seu legado e aos seus pensamentos.

Tanto que pelos quatro cantos do Ceará, desde os bancos das universidades ao calor do sertão a palavra de ordem é uma só: Lula livre.

Não vamos baixar nossa guarda. Pelo contrário, nos sentimos fortes e firmes, com energia renovada, para defender suas ideias, a fim de que elas se tornem majoritárias em todos os cantos do Nordeste e do Brasil.

O Nordeste deve muito a você, meu querido companheiro, por isso jamais te abandonaremos.

Lula inocente.

Lula livre

Lula Presidente.

Forquilha: Prefeito Gerlásio Loiola ressalta união do governador Camilo e Eunício Oliveira em proporcionar melhores condições de vida aos cearenses


A imagem pode conter: 6 pessoas

No último Sábado (19), o prefeito Gerlásio Loiola acompanhado do vice-prefeito Regis Prado, amigos  e  vereadores de Forquilha estiveram prestigiando a vinda do governador Camilo Santana e do Senador Eunício Oliveira à Sobral.
Para o prefeito Gerlásio pode-se classificar de fundamental importância com relação aos benefícios para o município de Sobral no qual reflete-se para toda região norte. Outro fator importante foi a união do governador Camilo, Eunício e Ivo Gomes proporcionado o cidadão cearenses melhores condições e qualidade de vida à todos. 

Alcântaras: Prefeito Joaquim do Quinca prestigia vinda do governador Camilo Santana e do senador Eunício Oliveira em Sobral


A imagem pode conter: 8 pessoas

No último sábado (19), o prefeito Joaquim do Quinca ao lado do presidente da câmara Manoel Albuquerque e de vereadores e uma caravana de Alcântaras estiveram em Sobral  prestigiando a vinda do governador Camilo Santana e do senador Eunício Oliveira por ocasião da assinatura da ordem de serviço naquele município.
Segundo Joaquim do Quinca foi um momento  de grande importância em prestigiar o governador Camilo Santana do senador Eunício Oliveira e do deputado Leônidas Cristino. Três grandes políticos que tem ajudado muito o Ceará no quesito de recursos para os municípios cearenses. Disse Joaquim do Quinca.

Posse nesta terça- PF no Ceará será comandada pela primeira vez por uma mulher




A delegada Vanessa Gonçalves Leite de Souza será empossada nesta terça-feira, 22, às 11 horas, no cargo de Superintendente Regional da Polícia Federal no Ceará. A função era ocupada pelo delegado Delano Cerqueira Bunn, que assumiu a Diretoria de Gestão de Pessoal da Polícia Federal em Brasília.
A solenidade de posse será no Auditório da Superintendência Regional da Polícia Federal no Ceará, situado na Avenida Borges de Melo, nº 820, Bairro de Fátima e contará com presença do Diretor-Geral da PF, Rogério Galloro, além de autoridades civis e militares.
Vanessa Gonçalves Leite de Souza, natural do Rio de Janeiro, tem 38 anos, é graduada em Direito pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Ingressou na Polícia Federal no ano de 2003. De 2009 a 2011, foi Oficial de Ligação da Polícia Federal na Organização Internacional de Polícia Criminal – OIPC/INTERPOL, com sede em Lyon/França. Voltou ao Brasil e de 2012 a 2015 assumiu os seguintes cargos em Brasília: Coordenadora de Recursos Humanos Substituta, Chefe da Divisão de Administração de Recursos Humanos – DRH/CRH/DGP, Chefe do Grupo especial de rastreamento e capturas, Chefe da Divisão de Recursos Humanos, instrutora da Academia Nacional de Polícia.
(PF no Ceará)

Petrobrás anuncia novo aumento do diesel e a gasolina a partir de hoje







Os preços do diesel e da gasolina voltam a subir nas refinarias a partir de amanhã (22). Segundo informações do site da Petrobras, a gasolina subirá 0,9% e o diesel 0,97%. Com a alta, o preço da gasolina passará a custar R$ 2,0867, enquanto o do óleo diesel sobe para R$ 2,3716.


Este é o 11º aumento do preço da gasolina nos últimos dezessete dias. A exceção ocorreu entre os dias 12 e 15 deste mês, quando a estatal interrompeu a sequência de altas ao manter o preço da gasolina em R$ 1,9330, e entre os dias 19 e 21 quando os preços passaram para R$ 2,0680. Ao longo do mês de maio, o preço da gasolina subiu 16,07%.

Sem PSD e SD oposição lança general Theophilo Gaspar pré-candidato ao governo do estado





A oposição lançou, nesta segunda-feira, em Fortaleza, a pré-candidatura do general Theophilo Gaspar ao Governo do Estado e perdeu dois aliados: o SD, do deputado federal Genecais Noronha, e o PSD, liderado pelo ex-vice-governador Domingos Filho. Genecias já havia decidido há duas semanas deixar a oposição e foi seguido pelo grupo de Domingos. Ambos são ligados ao presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB). Eunício, que tenta renovar o mandato, constrói uma aliança com o PT e o PDT em apoio à reeleição do Governador Camilo Santana.

As articulações de Camilo Santana, do ex-governador Cid Gomes e do senador Eunício Oliveira impõem o mais duro golpe na oposição que tenta viabilizar a candidatura do General Theophilo Gaspar à sucessão estadual. Sem o Solidariedade e o PSD, a oposição fica restrita ao PSDB e PROS. O PROS tem o comando do deputado estadual Capitão Wagner que, nas eleições de 7 de outubro, concorrerá à Câmara Federal.

A saída do PSD e SD emagrece o tempo da propaganda da oposição no rádio e na televisão e cria dificuldades para a eleição dos candidatos à Câmara dos Deputados e à Assembleia Legislativa. O PSDB tem três pré-candidatos à Câmara – Raimundo Gomes de Matos e Danilo Forte, que exercem mandatos, e o ex-vice-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa. Isolado, o PSDB elegerá dois deputados federais. Se fechar a aliança com o PROS, as duas siglas poderão eleger quatro ou cinco representantes à Câmara Federal.



O semblante das lideranças do PSDB, durante a reunião no escritório do senador Tasso Jereissati que marcou o lançamento da pré-candidatura de Theophilo, era de frustração e decepção com a ausência de dois nomes que há até duas semanas oposicionistas convictos. O desempenho do pré-candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, contribui para o esvaziamento da oposição liderada pelo senador Tasso Jereissati.

Ceará Agora

Eunício diz que não pertence ao MDB de Michel Temer


Resultado de imagem para Eunício Oliveira

O senador Eunício Oliveira, recentemente, na entrevista que concedeu ao Diário do Nordeste, no publicada no penúltimo sábado, ao responder indagação sobre as críticas de Ciro Gomes, candidato a presidente da República pelo PDT, ao seu partido, o MDB, Eunício disse que não fazia parte do MDB criticado por Ciro, pelo fato de o seu grupo, no partido, não ser ligado ao presidente Michel Temer, a quem Ciro sempre nomina, ao criticar a agremiação de Eunício.
Hoje, na coluna Política do jornal O Estado de S. Paulo, uma nota abaixo da informação com uma foto de Eunício ao lado de Ivo Gomes, prefeito de Sobral, no último sábado, onde Eunício participou de um evento com a presença  do governador Camilo Santana, afirma que Eunício está rompido com o presidente da República.
Edison Silva

Domingos Filho e Genecias deixam de ser oposição









Domingos Filho conversou com Cid Gomes pela segunda vez, no último domingo ( FOTO: JOSÉ MARIA MELO )


Domingos Filho e o PSD cearense não são mais oposição ao Governo Camilo Santana (PT). Antes, já havia acertado seu retorno ao grupo do Governo estadual o deputado federal Genecias Noronha, presidente estadual do Solidariedade (SD). Ontem, momentos antes do anúncio da candidatura do general Guilherme Theophilo (PSDB) a governador do Estado, pelas oposições, Domingos Filho comunicou sua decisão de estar fora do grupo ao senador Tasso Jereissati (PSDB).


Domingos começou a acertar o seu retorno ao esquema político liderado pelo ex-governador Cid Gomes antes de viajar para a Inglaterra, para visitar a filha que estuda lá. Ele conversou demoradamente com o ex-governador Cid Gomes (PDT), na companhia do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), no apartamento do empresário Chiquinho Feitosa, presidente estadual do DEM. De volta da viagem, no último fim de semana, ele conversou novamente com Cid Gomes, antes de fazer a comunicação ao senador Tasso.

Hoje, em Brasília, Domingos vai falar com o ministro Gilberto Kassab, a principal liderança nacional do PSD, relatando os últimos acontecimentos e devendo promover o encontro do ministro com Cid, que desde ontem está em São Paulo, como vem fazendo todas as semanas, tratando, na Capital paulista e em Brasília, da candidatura do seu irmão Ciro Gomes (PDT) à Presidência da República.

No primeiro encontro dos dois não trataram especificamente de questões políticas futuras, mas de desculparem-se dos episódios que causaram o rompimento (a eleição da atual Mesa Diretora da Assembleia e a extinção do TCM). Já na conversa do último domingo, trataram sim de voltarem a trabalhar juntos na política. Ele ainda não esteve com o governador Camilo Santana, o que deverá ocorrer nos próximos dias, quando Cid voltar da sua missão na coordenação da campanha de Ciro. Camilo já teve conversa com Genecias, sobre o Solidariedade integrar-se ao seu Governo.

Domingos Filho foi vice-governador no segundo mandato de Cid Gomes. Ele queria ser candidato a governador, mas foi preterido pelo atual governador, Camilo Santana. Pouco tempo depois, Domingos foi nomeado conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), extinto, no ano passado, quando ele era o presidente da Corte, em razão do seu envolvimento na disputa pela presidência da Assembleia Legislativa, apoiando a candidatura do deputado Sérgio Aguiar, contra o presidente Zezinho Albuquerque.

No curso do processo de extinção do TCM, foram ásperos os discursos de Domingos, de seu filho, o deputado federal Domingos Neto, e de amigos seus contra o governador, o ex-governador e o presidente da Assembleia, responsável pelo fim do TCM. Domingos era um dos pretensos candidatos a senador, na chapa oposicionista. Ele, porém, trava judicialmente uma batalha para conseguir o direito de ser votado, impedido legalmente, como todos os atuais conselheiros, de ter filiação partidária.

Marco: Prefeito Roger entrega nova viatura da PM e apresenta demanda ao comando da região














Na última quarta-feira (16), de maio, aconteceu a solenidade de entrega de uma nova viatura da Polícia Militar da 3ª Cia do 11º BPM do município de Marco, na câmara municipal, com início as 17h.


O Prefeito Roger, juntamente com o Comandante do 11º Batalhão de Itapipoca- CE Tenente coronel José Maurício Raulino e o comandante da 3ª Cia do 11º Batalhão de Acaraú – CE major Francisco Anísio do Nascimento marcaram presença no evento.


Com o objetivo de reforçar a segurança da população, o prefeito Roger se alegra com mais essa conquista, através do Governo do Estado. Estiveram presentes ainda, o vice prefeito Zé Leorne, o presidente da câmara municipal Antônio Ademar Alencar Neto, os demais vereadores Joãozinho, Erasmo, René, Edilson, Berg, Robério, Fredney, Socorro e Edmilson, o Sub tenente do tiro de guerra TG 10-025 Hugo Brito, o ex deputado Rogério Aguiar, Secretários municipais e empresários do setor moveleiro de Marco.

Na ocasião o gestor municipal levantou ainda outras questões para melhorar a segurança no município, como aumento de efetivo e ações efetivas e ostensivas também nos distritos. Roger elencou as necessidades para o momento atual, e apresentou aos comandantes da segurança na região, e destacou que já está formando uma comissão para ir até o governador levar essas demandas.

Blog Tidi

PT lançara pré-candidatura de Lula à Presidência no dia 27 de maio






Segundo o deputado, Lula voltou a dizer que não quer receber um indulto, mas sim o reconhecimento de sua inocência ( Foto: Ricardo Stuckert )
 Folhapress

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso na Superintendência da PF (Polícia Federal) em Curitiba (PR), escolheu o dia 27 de maio para o lançamento de sua pré-candidatura à Presidência em todo o Brasil. A informação foi repassada pelo deputado federal Wadih Damous (PT), que visitou o petista na manhã desta segunda (21) na condição de seu advogado.

O parlamentar afirmou à militância do acampamento Lula Livre, nos arredores da PF, que o ex-presidente pediu para enfatizar que no dia 27 o lançamento ocorrerá em cada cidade brasileira onde o PT está organizado.

"Pouco importa se em cada ato tenha 10 pessoas, tenha 5 pessoas, tenha 500 pessoas. O importante é o somatório em todo o Brasil de cada um desses atos, para deixar claro que o presidente Lula é o nosso candidato", disse Damous.

O deputado também afirmou que Lula está bem-humorado, ainda que indignado. "Está bem abrigado, está bem agasalhado, tem praticado exercícios, está bem-humorado. Agora, é claro que ele está indignado com essa perseguição que se abate sobre ele."

Segundo Damous, Lula voltou a dizer que não quer receber um indulto, mas sim o reconhecimento de sua inocência.

Na última sexta-feira (18), a juíza Carolina Lebbos, responsável pela execução penal do petista, cumpriu decisão do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) que deferiu pedido da OAB do Paraná para assegurar a Damous o direito ao exercício profissional como advogado de Lula.

21 maio 2018

Alcântaras: Vereador e Ex. prefeito Antonio Marcos ressalta sobre aprovação de suas contas de governo pela câmara de vereadores


Resultado de imagem para Imagens do vereador Antonio Marcos de Alcãntaras

Na última sexta-feira (18), a câmara de vereadores de Alcântaras aprovou as contas de gestão dos ex. prefeitos Eliésio Fonteles e Antonio Marcos. Em conversa com nossa reportagem o vereador e ex. prefeito Antonio Marcos (PSD), nos ressaltava que contas conjuntas é muito difícil aprovação pelo TCE. Eu e os nosso contadores podemos observar que os erros que aconteceram não foram desvio de verbas, e muitas vezes um procedimento de cada tribunal. Na minha parte foi na questão da educação  e temos a certeza que atingimos os 25% pois não tinha  como deixar de aprovar. Todo alcantarense sabe do nosso empenho na educação. Então fizemos um análise e Eu votei a favor da aprovação das contas do Eliésio pois vimos que tem erros que Ele não tem culpa. E a situação votou a favor das minhas contas. 

Deputado Leônidas Cristino (PDT), participa do evento de assinatura de recursos no valor de R$ 67 milhões para Sobral



Sempre presente nos movimentos políticos nos municípios da Região Norte o deputado federal Leônidas Cristino (PDT), esteve em seu berço político, ou seja Sobral. aonde o presidente do senado Eunício Oliveira, governador Camilo Santana e Ivo Gomes estiveram assinando recursos no valor de R$ 67 milhões para investimentos na melhoria da infra-estrutura de bairros e distritos de Sobral.
Em suas palavras o deputado parabenizou o povo de Sobral por estas conquistas, "só estamos aqui mostrando aquilo que construímos e vamos construir  graças a força que vocês dão pra gente e a união de vocês faz com que façamos muito mais". Na câmara federal as portas estão abertas para que possa encaminhar todos os bons projetos do prefeito Ivo Gomes. Fiquem tranquilo  irmãos do Sobral e Zona Norte que já mais vou votar contra o povo trabalhador, já mais vou deixar que uma lei que possa prejudicar os aposentados e pelo contrário votar em matérias que possam melhorar as condições de vida do povo trabalhador da juventude do meu estado, estarei apoiando e caso contrário não aceitarem sobre hipótese nenhuma. Disse Leônidas Cristino.

Massapê: Presidente da Câmara Paulo Vagalume participa da entrega da premiação "Escola Nota 10"


A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Paulo Vagalume, pessoas sorrindo, pessoas em pé e sapatos

No último dia  17 de maio, tive o privilégio de participar da entrega das premiações do Projeto Escola Nota 10, no Centro de Eventos de Fortaleza. O Município de Massapê teve 3 (três) escolas premiadas, uma delas do nosso distrito de Mumbaba, na qual já vem se destacando nesse programa.
Parabéns as escolas, ao Prefeito Jacques Albuquerque e a Secretária de Educação Maria da Penha, que vêm se empenhando para o crescimento educacional do nosso município. Investir na educação é a bandeira primordial para mudar a realidade da sociedade

Eunício Oliveira rompe com Temer por ser contra a Reforma da Previdência e aumento da gasolina





















Opresidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira, rompeu hoje (20) com o presidente da República, Michel Temer. Não aceitou pautar novamente a reforma da Previdência ainda no mês de junho e também trombou feio por discordar da política de reajustes permanentes dos combustíveis.


Indignado com as práticas do ministro das Minas e Energia, Moreira Franco, que tem dado sistemáticos aumentos aos combustíveis, Eunício denunciou que essa decisão foi feita para que o Orçamento da Petrobras desse lucro, e desse modo o ministro pudesse agradar aos acionistas da Empresa, mandando distribuir lucro. “ Não pensam no povo brasileiro, só nos interesses econômicos dos acionistas em detrimento do Brasil”.


A reação do presidente Eunicio será dura: irá instalar uma Comissão Geral no Senado Federal para investigar a Petrobras e sua política de preços dos combustíveis. Ao término, adotará providências para coibir esses abusos que estão afetando a economia do País.


A disposição do presidente do Congresso é abrir a caixa preta da Petrobras e obrigar o presidente Michel Temer a recuar nessa política que tem reajustado os preços de gasolina, álcool, gás de cozinha e óleo diesel, sem nenhum critério, mesmo com a inflação brasileira estando sob controle.

Ceará News

Auxílio-Doença: prazo para agendar perícia no INSS termina nesta segunda-feira (21)




Auxílio-doença: prazo para agendar perícia no INSS termina nesta segunda-feira

Termina nesta segunda-feira (21) o prazo para quem recebe auxílio-doença agendar a perícia no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
Ao todo, 59,1 mil pessoas foram convocadas a fazer a perícia e quem perder o prazo terá o benefício suspenso (veja os nomes das pessoas convocadas).
Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social, 47,4 mil beneficiários ainda não marcaram a perícia.
Para fazer o agendamento, a pessoa que recebe o auxílio-doença precisa ligar na Central de Atendimento da Previdência Social, no telefone 135. O atendimento é das 7h às 22h.
A convocação faz parte do pente-fino que o governo federal tem feito desde 2016 nos benefícios por incapacidade pagos pelo INSS.
Regras
Pelas regras do pente-fino, os convocados que perderem o prazo desta segunda terão o pagamento do auxílio-doença suspenso.
Após o bloqueio, a pessoa terá até 60 dias para agendar a perícia. Se não marcar, o benefício será cancelado.
"Cumprir os prazos estabelecidos é importante para evitar bloqueio do benefício. O MDS faz uma ampla divulgação das convocações para que ninguém seja prejudicado, zelando para que cada revisão pericial médica seja realizada dentro dos mais estritos preceitos éticos e de justiça", afirmou ao G1 o ministro de Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame.
De acordo com o governo, foram convocados:
Os beneficiários que precisam fazer a perícia, mas não foram localizados (seja por endereço desatualizado ou dados incorretos);
Quem recebeu a carta do INSS sobre a necessidade da perícia, mas não agendou a consulta no prazo determinado.
Pente-fino
O governo federal começou o pente-fino nos benefícios por incapacidade pagos pelo INSS em 2016. À época, informou que o objetivo era "colocar uma tampa sobre os ralos que estão abertos", de forma a eliminar pagamentos a pessoas que não têm direito a receber benefício.
Os beneficiários que recebem auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez e precisam fazer a perícia obrigatória são notificados por carta e via "Diário Oficial da União". A perícia atesta se o impedimento ao trabalho permanece ou não.
No caso do auxílio-doença, é convocado para a perícia quem recebe o benefício e há mais de dois anos não passa pela revisão.
Na aposentadoria por invalidez, devem passar pela perícia beneficiários com menos de 60 anos de idade que estão há dois anos ou mais sem realizar perícia
Não precisam fazer:
Pessoas com mais de 60 anos;
Quem tiver 55 anos e recebe benefício há pelo menos 15 anos.

Com informações G1

MDB, PT e PSDB devem ficar com 37% do bolo eleitoral



A cúpula tucana decidiu que a campanha majoritária do pré-candidato Geraldo Alckmin contará com um terço do que terão direito ( Foto: Estadão Conteúdo )

Rio de Janeiro/Brasília. Levantamento feito pelo “O Globo” com base na legislação eleitoral detalha como serão divididos os R$ 2,3 bilhões que sustentarão pré-candidatos a deputados estaduais e federais, senador, governador e presidente.

Apesar da cobrança por renovação na política, a divisão do bolo mantém as legendas dominantes no topo. MDB, PT e PSDB terão acesso à maior parte do dinheiro: somados, atingem R$ 850 milhões, mais de um terço do total e ajudará a eleger as maiores bancadas.

> Redes sociais: alternativa à falta de verba de campanhas

Como agora há limites, as siglas tendem a destinar mais dinheiro para a reeleição dos parlamentares, outro fator que dificulta um arejamento político. Partidos nanicos ficam com fatias minúsculas. É o caso do PSL, do pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro, que terá cerca de R$ 10 milhões à disposição.

‘Chave do cofre’

O novo formato amplia o poder dos presidentes das legendas, que passam a ser os donos da chave do cofre. Antes, cada candidato poderia pedir doações às empresas, e o caixa 2 era disseminado, mas, agora, dependem das cúpulas nacionais e regionais para suas campanhas.

Cada partido adotará uma fórmula de divisão dos recursos, que deve ser aprovada por suas comissões executivas, mas siglas que lançarem candidaturas à Presidência terão menos dinheiro para financiar postulantes ao Legislativo. A maior parte do dinheiro disponível para as campanhas deste ano vem do Fundo Eleitoral, criado em 2017, com o valor de R$ 1,7 bilhão.

O restante vem do Fundo Partidário, dinheiro repassado mensalmente para custear o funcionamento das legendas, que, até outubro, deve render pouco mais de R$ 600 milhões para os 35 partidos registrados no País. Nos próximos dias, o Tribunal Superior Eleitoral definirá a divisão exata dos recursos.

Partidos como PDT e PSDB, que têm pré-candidaturas presidenciais mais asseguradas, com Ciro Gomes e Geraldo Alckmin, respectivamente, decidiram que vão destinar um terço do que terão direito para essas campanhas majoritárias. Os dois terços restantes serão divididos para financiar as campanhas de deputados federais e estaduais, de senadores e governadores.


São muitas as dúvidas. Os partidos temem uma reviravolta na divisão interna dos recursos, obrigando que 30% do Fundo Eleitoral sejam destinados para candidaturas femininas. .

DN

20 maio 2018

Marcelo Chamusca deixa o comando técnico do Ceará



Marcelo Chamusca, em comum acordo com a diretoria, não é mais técnico do Vozão.
Após a derrota por 2 a 1 diante do Vitória-BA, na manhã deste domingo, em Salvador, o técnico foi demitido.

Sem-teto morre com R$ 4,5 milhões em conta bancária



Fatima Othman
Fatima Othman Foto: Reprodução da internet
A polícia de Akkar (Líbano) encontrou Fatima Othman, de 52 anos, morta em uma rua, aparentemente de causa natural. Seria mais uma morte de sem-teto, se não fosse por alguns detalhes importantes: a libanesa tinha nada menos que o equivalente a R$ 4,5 milhões em uma conta bancária!
Mais: agentes encontraram ao lado do corpo dois sacos de "lixo". Na verdade, no interior deles, havia várias notas de dinheiro. Uma contagem revelou que Fatima carregava pelas ruas cerca de R$ 12,4 mil.
De acordo com reportagem do "Metro", Fatima havia perdido os pés e as mãos durante a guerra civil no Líbano, que durou de 1975 a 1990.
Ela passou a morar nas ruas, onde vivia de pedir esmola. Em vez de conseguir um teto, Fatima preferiu continuar ao relento e acabou arrecadando uma fortuna, que deixou a polícia surpresa.
A polícia já entrou em contato com a família de Fatima. Os parentes não tinham ideia de que ela tinha tanto dinheiro guardado.

Barco à deriva com 25 imigrantes e dois brasileiros é resgatado no Maranhão



Grupo desembarcou no cais de São José de Ribamar, após operação conjunta com a Marinha e a PF

Grupo desembarcou no cais de São José de Ribamar, após operação conjunta com a Marinha e a PF - 
Rio - Um barco pesqueiro com 27 pessoas que ficou à deriva em alto mar foi resgatado na noite deste sábado, 19, na cidade de São José de Ribamar, na região metropolitana da capital São Luís, no Maranhão. A Polícia Federal investiga se o transporte do grupo está associado a alguma prática criminosa.
A embarcação estava há 35 dias no mar e teria passado mais de uma semana à deriva. As pessoas, amontoadas a bordo, já estavam sem alimentação quando foram avistadas por um barco de pesca do Ceará. O pesqueiro rebocou o barco até o litoral do Maranhão e acionou a Capitania.

De olho no centrão., Ciro Gomes quer antes aliança à esquerda sem o PT






BRASÍLIA — Três líderes do PDT usam uma frase atribuída à principal liderança histórica da legenda, o ex-governador Leonel Brizola, para justificar a rota traçada pelo presidenciável Ciro Gomes de consolidar primeiro alianças à esquerda para depois buscar o centrão: “Na carroceria do caminhão cabe todo mundo, mas na boleia só quem se confia”.



Com a cotação cada vez melhor nas bolsas de apostas após a inelegibilidade e a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Ciro tem o desejo de ter um empresário como candidato a vice, imitando a dobradinha Lula-José Alencar. Além disso, pretende ter a seu lado um partido que lhe permita transitar mais ao centro, como o PP, do seu amigo e xará Ciro Nogueira. Mas tal passo só será dado depois que consolidar apoios tidos como fundamentais na esquerda, especialmente PSB e PC do B, isolando o PT.


— Nossa prioridade absoluta é o fechamento com o PSB. Avançou bem. Como temos afinidade muito grande e uma relação histórica, facilita muito. Mas vai depender muito da configuração dos palanques regionais — afirma Carlos Lupi, presidente do PDT.



“Solteiro” desde a desistência de Joaquim Barbosa, o PSB está hoje diante de dois cenários: apoiar Ciro ou ninguém. O investimento do PDT tem sido forte. O presidente nacional Carlos Lupi se reuniu na semana passada com o presidente do PSB, Carlos Siqueira, para dar formalidade às tratativas. Mas o investimento mais pesado é nos bastidores. Irmão de Ciro, o ex-governador Cid Gomes reuniu-se com deputados do PSB em Brasília na tentativa de buscar apoio ao projeto do presidenciável.




Em outra frente, o pré-candidato ao governo de Minas, Marcio Lacerda (PSB) já admite que pode ser candidato a vice com Ciro.

A maior resistência é do governador de São Paulo, Márcio França. Ele desistiu de levar a sigla para Geraldo Alckmin (PSDB), mas agora trabalha para que o PSB não apoie ninguém. Há problemas ainda em outros estados, como Rio Grande do Sul e Paraná. Mas a expectativa dos aliados de Ciro é por avanços concretos nas próximas semanas. Para eles, atrair o PSB é importante para embarcar no projeto outra legenda de esquerda, o PCdoB. Os comunistas prometem lançar Manuela D’Ávila, mas o flerte de Ciro com a legenda é considerado promissor pelas duas partes.

A tentativa de apressar os apoios na esquerda antecede o próximo passo: buscar o centro. O presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI), é visto como ponte para alcançar esse objetivo. A filiação do empresário Benjamin Steinbruch ao PP é parte do movimento. O empresário foi chefe de Ciro Gomes por um ano, quando ele comandou a CSN Transnordestina, e escolheu o partido para se filiar em comum acordo com o presidenciável.

A relação dos dois Ciros é próxima. Etevaldo Nogueira Filho, primo do senador piauiense, é vice-presidente do PP no Ceará e faz parte do grupo político liderado pelos irmãos Ferreira Gomes naquele estado.




Além de divergências internas no PP, a busca por uma unidade mínima no centrão é outro obstáculo. PR e PRB são apontados como nós a serem desatados. Há resistência recíproca também entre o grupo de Ciro e o de Rodrigo Maia (DEM-RJ), que articula com o centrão. Ainda assim, há um reconhecimento de que Ciro é opção.

— Desde 2002, Ciro não tem sido levado tão a sério como agora — diz um integrante do centrão.

No PDT, a extensa ficha corrida de políticos do centrão e a inclinação mais liberal do grupo na economia são minimizados com a frase de Brizola e o registro de que na boleia estarão Ciro e a esquerda.

O Globo


Pelo menos 110 magistrados estão sob ameaça no País, diz CNJ



Segundo os dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), 6 em cada mil magistrados estão sob ameaça no Brasil ( Foto: divulgação / STF )

Levantamento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), obtido pelo jornal O Estado de São Paulo, aponta que 6 em cada mil magistrados estão sob ameaça no Brasil. Os riscos na atuação profissional são maiores para os juízes de primeira instância - a média sobe para 7 em cada mil - e menores para desembargadores quando o índice cai para 2 por mil. Ao todo, 30 dos 82 tribunais citados na pesquisa relataram casos de ameaças, contabilizando 110 magistrados em situação de risco no ano passado.

O estudo do CNJ constatou ainda que 97% das ameaças decorrem da atuação dos magistrados e que o potencial agressor é conhecido em 65% dos casos. E não são apenas os juízes criminais que sofrem ameaças, ofensas e tentativas de intimidação - as áreas de atuação que trazem mais riscos são as Varas de Família, do Trabalho e os casos de violência doméstica.

“É preciso estar atento, porque ser juiz não é uma profissão qualquer, é uma profissão onde o magistrado vai lidar com a vida das pessoas, decidir a vida delas, e uma das partes do processo sempre perde. É uma arena onde vão disputar bens e direitos e, por conta disso, é normal que haja reação da parte desagradada”, disse a delegada da Polícia Federal Tatiane da Costa Almeida, diretora do Departamento de Segurança Institucional do Poder Judiciário do CNJ.

O departamento - integrado exclusivamente por mulheres - foi instalado em maio de 2017 pela presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, que definiu o tema como uma das prioridades de sua gestão. Um dos desafios, segundo Tatiane, é disseminar uma “cultura de segurança” entre juízes e desembargadores, que muitas vezes não tomam os devidos cuidados e minimizam o problema.

“Às vezes, um juiz criminal, até pelo fato de estar julgando vários crimes, consegue enxergar riscos e ser mais desconfiado, mas, via de regra, o juiz não está tão preocupado com a própria segurança”, disse a delegada.

De acordo com o estudo do CNJ, os dispositivos mais acionados para dar proteção aos magistrados no ano passado foram reforço de segurança no local de trabalho (45% dos casos), escolta total (35%), veículo blindado (31%), escolta parcial (29%) e colete à prova de balas (15%). Em 4% dos casos, os juízes mudaram de local.

Para conscientizar os magistrados sobre a importância de cuidarem da própria integridade física, a gestão da ministra Cármen Lúcia elaborou um guia com recomendações para os deslocamentos feitos a pé e em veículos, além de dicas para o comportamento no ambiente de trabalho e nas redes sociais.

O CNJ orienta, por exemplo, que os juízes usem itinerários diferentes no trânsito e sejam cuidadosos na divulgação de fotos e vídeos em redes sociais - a recomendação é evitar utilizar a ferramenta de check-in quando estiverem em lugares que costumam frequentar.

Em 18 anos de carreira, o juiz João Humberto Cesário passou pela situação mais delicada de sua vida em 2007, quando atuava na Vara do Trabalho de São Félix do Araguaia (MT), município de 10 5 mil habitantes próximo à divisa com o Tocantins.

O magistrado teve de receber escolta policial por 24 horas e retirar a família da região, conhecida como “Vale dos Esquecidos”, por causa de ameaças veladas ao cuidar do caso de um influente fazendeiro, que envolvia denúncias de trabalho escravo.

“Nessa região, os poderosos não estão acostumados a serem incomodados pelo Estado. Inclusive a decisão de instalar uma vara do trabalho ali foi estratégica, para mostrar que o Estado estava presente e que uma pessoa não pode explorar a outra como bem entenda”, afirmou Cesário.

O juiz recebeu recados de pessoas próximas do fazendeiro, que o alertaram sobre os riscos de tomar uma “decisão ousada” numa “região bruta”. Na época, Cesário condenou o acusado a pagar uma indenização de R$ 1 milhão. “É uma vida muito reclusa e solitária, muito mais perigoso do que a sociedade imagina, porque você não pode se expor muito nem sair na rua, não pode construir círculo de amizade. Você está permanentemente sob tensão, porque está tomando decisões que desagradam às pessoas”, disse o juiz, que passou dois anos e meio na região e hoje atua em outro município.

Risco

Para o presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Jayme de Oliveira, os números do CNJ são “preocupantes”. “Há uma tendência de dizer que a nossa sociedade é pacífica, mas os números mostram o contrário e revelam que a atividade judicial é de risco”, afirmou Oliveira. A AMB defende a criação de um fundo voltado para a segurança dos juízes e dos tribunais.

Uma das regiões mais delicadas na questão da segurança dos magistrados é o Rio - onde a juíza Patrícia Acioli foi assassinada em agosto de 2011 com 21 tiros numa emboscada quando chegava em sua casa de carro. Patrícia atuava na área criminal e havia tomado decisões que desagradaram a grupos criminosos. Onze policiais militares foram condenados pelo Tribunal do Júri de Niterói.

Procurado pela reportagem, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) informou que, “por medidas de segurança, os magistrados foram recomendados a não falar”.

O presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Jayme de Oliveira, diz que o avanço do crime organizado e o aumento dos episódios de agressividade social - pessoas reagindo com mais violência durante a discussão dos casos - explicam os números de magistrados sob ameaça.

O presidente da AMB destaca o episódio ocorrido há dois anos, quando um homem invadiu o Fórum Butantã, na zona oeste de São Paulo, e ameaçou atear fogo numa juíza que atuava na Vara de Violência Doméstica.

Em Mato Grosso, há um caso em que o alvo das ameaças foi o próprio local de serviço da juíza Marta Alice Velho. A Vara do Trabalho de Sorriso, município na região norte do Estado, foi atingida em abril do ano passado por um coquetel molotov que destruiu as instalações.

Depois do atentado, que provocou estragos de R$ 100 mil, o edifício ganhou câmeras de segurança interna, porta giratória com detector de metais e arame no muro. O autor do ataque não foi identificado.

“Foi um atentado à instituição, mas a partir disso acende uma luz vermelha. A gente pensa que o interior é mais tranquilo, mas não necessariamente para o juiz. No interior, o magistrado é uma autoridade identificada, é conhecida pela sociedade, e não tem muito como mudar a rotina”, afirma Marta.

Apesar do susto, os servidores da vara se mobilizaram para garantir que as atividades continuassem, trabalhando de casa. “Não vai ser isso que vai nos derrubar”, diz a juíza.

Entre os poucos casos de ameaças a magistrados que não dizem respeito à atividade profissional, o Estado apurou que há o de uma juíza de uma cidade do interior do Nordeste que é alvo de hostilidades por causa da rivalidade entre diferentes famílias. Ela integra uma das famílias envolvidas em um conflito que se perpetua por gerações. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Postagens mais antigas → Página inicial