-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

Mercadinho o Zezé

Mercadinho o Zezé

Anuncie Aqui!

11 dezembro 2017

Tasso será candidato ao governo,diz Luiz Pontes



Ele deixou a presidência do PSDB no Ceará porque o partido só aceita dois mandatos seguidos no comando. Mas o presidente Francini Guedes é afinadíssimo com Luiz Pontes que continua falando pelos tucanos.
“O Tasso será candidato ao governo e vai governar para resgatar a economia, equilibrar a política social e servir a população”, disse Luiz Pontes transmitindo recado aos aliados.
O senador Tasso Jereissati declarou repetidamente que não pretende disputar o governo do Ceará. Luiz Pontes fala com convicção apostando no projeto do PSDB que pretende voltar ao comando do país elegendo Geraldo Alckmim presidente da república.

Roberto Moreira

Alcântaras: Faleceu neste domingo (10), o radialista Antonio Alexandro



Faleceu na tarde deste domingo (10), o radialista Antônio Alexandro Albuquerque, 36 anos, em decorrência de um acidente automobilístico. O radialista apresentava diariamente na Rádio Bela Vista FM de Alcântara, o seu programa “Se liga forrozão”, despertando toda cidade.
Alexandro retornava das festividades da padroeira da Meruoca, na noite de sábado (09), quando perdeu o controle do veículo sofrendo um grave acidente na estrada da Meruoca, na altura do Sítio Palmeiras. Sendo logo socorrido para o Hospital Santa Casa de Misericórdia de Sobral, onde permaneceu internado, mas devido as gravidades dos ferimentos não resistiu e foi a óbito no início da tarde de hoje.
O jovem radialista havia recebido recentemente seu registro profissional como locutor, animador e apresentador. Além de atuar como humorista e animador cultural de festas juninas com destaque para a quadrilha junina do Sítio Espírito Santo, comunidade onde nasceu.
As primeiras informações dão conta, que o corpo de Alexandro, será velado em sua residência no Sitio Espirito Santo há um 01 km da sede do município.

(Blog do Célio Brito)

Alcântaras: Município comemora 60 anos de emancipação política


Sub.Ten. Neto, Joaquim do Quinca, Manoel Albuquerque
Na manhã deste domingo (10), o prefeito Joaquim do Quinca juntamente com o presidente da câmara Manoel Albuquerque, sub-tenente Neto estiveram em frente do paço municipal no hasteamento dos pavilhões nacional, estadual e municipal. Esse momento cívico fez parte das comemorações alusivas aos 60 anos de emancipação política do município de Alcântaras. Marcaram presença o vice-prefeito Benício Silva, secretários e o vereador Gilberto do Quinca.
Para o prefeito Joaquim do Quinca é com grande alegria que comemora os 60 anos de emancipação do município. Tenho orgulho de ser filho desta terra. E o orgulho que me atribuiu foi a imensa responsabilidade de cuidar deste município. Venho batalhando, lutando e vejo desenvolver o mesmo e o bem estar de cada uma destas pessoas. Nosso município tem suas belezas, pessoas do bem e acolhedoras, por isso, nos orgulha bastante em administrar o município. Disse Joaquim  do Quinca.
Prefeito Joaquim do Quinca

Presidente Manoel Albuquerque, Vice-Prefeito Benício

Sub-Ten. Neto, Joaquim do Quinca, Manoel Albuquerque


Luzianne Lins fala em prévia no PT para escolher candidato




Luizianne LinsA deputada federal Luizianne Lins (PT) reclamará uma prévia no PT para a escolha do candidato a governador, no próximo ano, se o governador Camilo Santana não apoiar explicitamente uma candidatura do Partido dos Trabalhadores (PT) à Presidência da República, principalmente, se o candidato for o ex-presidente Lula.

Luizianne, a priori, postulará, mais uma vez, um dos 22 assentos da bancada cearense na Câmara Federal, mas não descarta a possibilidade de disputar um cargo majoritário. Recentemente, alguns dos seus aliados admitiam a possibilidade de ela disputar um mandato de deputado estadual, cargo que já ocupou, antes de ser prefeita da Capital cearense.

Ela defende que o partido mantenha a vaga de senador pela base governista, no Ceará, conforme resolução do PT acordada no início deste mês. O senador do PT, hoje, é José Pimentel, mas ele não tem demonstrado disposição de ser candidato à reeleição. Segundo disse, é importante que se fortaleça a base de apoio a um eventual governo petista no Planalto Central.

"Não podemos cometer o mesmo erro de quando elegemos a presidenta Dilma Rousseff. Temos que ter uma bancada forte no Congresso Nacional. Do que vai adiantar eleger um presidente e ele não ter o apoio necessário nas duas casas do Congresso Nacional? Poderá ocorrer outro golpe", apontou.

Avaliar

Segundo disse, caso nenhum membro do PT se coloque como candidato ao Senado da República, se lançará como nome para a vaga. "Sem candidato ao Senado o PT do Ceará não vai ficar. Eu acho que a vaga natural seria do (senador José) Pimentel, porque ele nos orgulha lá. Ele não sendo ou ninguém querendo ser, aí teremos candidata. Não vai ser por falta de candidatura", afirmou.

Quanto à disputa pelo cargo de chefe do Executivo estadual cearense, essa a mais polêmica, Luizianne Lins disse que poderá requerer realização de prévias no Partido dos Trabalhadores, caso o governador Camilo Santana não apoie, de forma oficial, a candidatura do ex-presidente Lula à Presidência da República.

"Se por acaso o Camilo não se declarar apoiador do Lula e apoiar o Ciro Gomes, eu vou disputar com ele as prévias de candidata a governadora. O partido iria avaliar, mas eu estarei, dentro do partido, defendendo que o Lula tenha seu palanque dentro do Estado", afirmou.

Luizianne Lins ponderou, porém, que, como ainda não percebeu por parte do governador do Estado um provável apoio a Ciro Gomes de forma mais clara, não se antecipará com relação ao pedido de prévias. No entanto, disse que espera que os diálogos sejam mais transparentes dentro da sigla. "As coisas precisam estar postas, não podemos ficar vendo uma ou duas pessoas manipulando as outras. Enquanto não ficar claro, não vou sair me posicionando", destacou a deputada, principal adversária do grupo liderado por Cid Gomes (PDT), principal apoiador da reeleição de Camilo.

Minoritária


A petista afirmou, porém, que já comunicou sua intenção ao presidente estadual do partido, Francisco De Assis Dinis e a uma das lideranças da legenda, o deputado federal José Nobre Guimarães. Luizianne afirmou ainda que mesmo que não ganhe vai defender o direito de convocar prévias internas.

A deputada federal, que já foi presidente do Partido dos Trabalhadores e prefeita de Fortaleza por dois mandatos, hoje, faz parte de uma ala dentro do PT minoritária, com pouco mais de 20% de representatividade. No entanto, a resolução aprovada pelo partido foi, praticamente, em sua integralidade, redigida por membros de tal grupo.

Ela afirmou que não é de seu interesse, pelo menos na conjuntura atual, retornar para a Assembleia Legislativa cearense, por isso deve apoiar candidaturas de aliados petistas ao pleito estadual. Luizianne participou, no sábado passado, do lançamento da pré-candidatura do vereador Guilherme Sampaio a deputado estadual. A parlamentar chegou a falar em "dobradinha" com o companheiro de partido, mas também deve apoiar candidatura à reeleição do deputado Elmano de Freitas.

DN

10 dezembro 2017

124 deputados aliados de temer dizem votar contra a reforma da previdência








Brasília – Levantamento feito pelo jornal O Estado de S. Paulo mostra que 215 deputados declaram voto contrário à reforma da Previdência. Desses, 124 são de partidos da base aliada do governo Michel Temer. Há divisão sobre o tema mesmo no PMDB e no PTB, os únicos partidos da coalizão governista que decidiram obrigar suas bancadas a votar a favor das mudanças na aposentadoria.

A reforma é a principal aposta da equipe econômica para garantir a retomada do crescimento. O governo, no entanto, encontra dificuldades para conseguir os 308 votos necessários à aprovação do texto. Com 205 votos contrários, do total de 513 deputados, a proposta de emenda à Constituição (PEC) seria rejeitada.

No PMDB de Temer, dez dos 60 deputados disseram que são contrários à proposta e 15 mostraram-se indecisos. Apenas 12 afirmaram ser favoráveis ao texto. Os desobedientes estão sujeitos a penas que vão da advertência a punições mais sérias. “Teremos uma semana de muito trabalho na busca de votos, mas sou otimista”, afirmou o líder do PMDB na Câmara, deputado Baleia Rossi (SP).

Para ele, as opiniões obtidas no levantamento do Estado refletem posições anteriores às mudanças patrocinadas pelo governo na proposta original. “Os deputados do Nordeste que são contrários à reforma, por exemplo, ficarão a favor quando tiverem a certeza de que os trabalhadores rurais não serão atingidos”, disse. “Mas isso só ocorrerá quando todos tiverem na mão o texto que vai para o plenário.”

Nas fileiras do PSDB, 12 dos 46 parlamentares são contra mexer no sistema da Previdência, dez mostraram-se indecisos e 16 não quiseram responder. Apenas 6 afirmaram ser a favor das mudanças. “O governo teve uma falha grande na comunicação”, disse o líder do PSDB na Câmara, deputado Ricardo Tripoli (SP). “Pelas nossas contas, teremos quase 50% da bancada, mas é preciso ver os outros partidos aliados também. Não dá para jogar tudo no colo do PSDB.”

O presidente do PTB, Roberto Jefferson, comparou o discurso contra a reforma da Previdência a uma manifestação do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot. “Não vamos aceitar esse discurso de Janot, que tem a intenção de prejudicar o governo”, disse o ex-deputado, tentando amenizar os votos contrários na bancada do PTB. “Só dois votos não consigo reverter. Mas fizemos tudo certo até agora. A reforma da Previdência faz parte do tripé de sustentação da economia, também composto pelo teto de gastos e mudanças trabalhistas”, completou Jefferson.

Para o líder da bancada do PP, deputado Arthur Lira (PB), é preciso mais mobilização do Palácio do Planalto para garantir a votação da reforma ainda neste ano. Lira elogiou a substituição do ministro da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy (PSDB), por Carlos Marun (PMDB-MS), anunciada ontem. “Até agora não havia articulação política”, criticou.



*As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Aécio é vaiado pela militância do PSDB ao chegar a convenção



Presidente licenciado do PSDB, o senador Aécio Neves (MG) foi longamente vaiado pela militância do partido neste sábado (9) ao entrar no auditório em que foi realizada a convenção nacional do partido, em Brasília.
Na véspera do evento partidário, Aécio havia sido alertado de que havia risco de ele ser vaiado se decidisse comparecer à convenção que vai oficializar o governador Geraldo Alckmin como novo presidente da legenda.
Tucanos que compareceram à convenção disseram ao Blog que grupos de diferentes alas do PSDB enviaram o alerta ao senador por mensagens no celular. Mesmo assim, segundo os dirigentes da sigla, Aécio ignorou os alertas e decidiu comparecer ao evento.
No entanto, aliados de Aécio disseram que se o senador se ausentasse do evento partidário, ele seria notícia da mesma forma, já que passaria a imagem de que estaria se “escondendo” após o escândalo da JBS. No caso específico, com o agravante de que estaria se escondendo “dentro de casa”, por se tratar de um evento do seu partido.
Aécio foi gravado pedindo R$ 2 milhões a Joesley Batista, empresário da JBS. Depois da delação, em maio, o senador se afastou da presidência do partido.
Convidado a participar do evento do PSDB, o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), também foi vaiado hostilizado com vaias por militantes durante a convenção tucana.
Com informação da G1

11 deputados do Ceará declararam voto contra a reforma da previdência






André Figueiredo (PDT), Ariosto Holanda (PDT) , Cabo Sabino (PR), Chico Lopes (PCdoB), Domingos Neto (PSD), Genecias Noronha (SD), José Airton Cirilo (PT), José Guimarães (PT), Leônidas Cristino (PDT), Luizianne Lins (PT) e Vitor Valim (PMDB) votarão contra à reforma ( Foto: Reprodução Estadão )



Correndo contra o tempo para aprovar, ainda neste ano, a reforma da Previdência, que prevê a fixação de idade mínima de 65 anos (homens) e 63 (mulheres) para se aposentar no Brasil, dentre outros pontos, o Governo Federal ainda está longe de conseguir os 308 votos necessários para legitimar a proposta na Câmara. No Ceará, por exemplo, 11 dos 22 deputados federais já declararam voto contra a proposta, segundo levantamento do jornal O Estado de São Paulo, divulgado neste sábado (9).

Segundo a pesquisa do Estadão, os deputados cearenses que já declararam publicamente voto contrário à reforma da Previdência foram: André Figueiredo (PDT), Ariosto Holanda (PDT) , Cabo Sabino (PR), Chico Lopes (PCdoB), Domingos Neto (PSD), Genecias Noronha (SD), José Airton Cirilo (PT), José Guimarães (PT), Leônidas Cristino (PDT), Luizianne Lins (PT) e Vitor Valim (PMDB), que, apesar de fazer parte do mesmo partido do presidente Michel Temer, não aprova a medida.

Ainda de acordo com o levantamento, apenas um parlamentar cearense, no caso Danilo Forte(sem partido), posicionou-se a favor da reforma até o momento. Os deputados Raimundo Gomes de Matos (PSDB), Vaidon Oliveira (PROS), Gorete Pereira (PR) e Moses Rodrigues (PMDB), por sua vez, ainda estão indecisos, enquanto Macedo (PP), Odorico Monteiro (PSB), Ronaldo Martins (PRB) e Vicente Arruda (PDT) não foram encontrados. Questionado, Aníbal Gomes (PMDB) se absteve da pesquisa. Já Adail Carneiro (PP) estava ausente.

Divisão na base aliada

Ao todo, 215 deputados já declararam voto contrário à reforma da Previdência. Desses, 124 são de partidos da base aliada do governo Michel Temer. Há divisão sobre o tema mesmo no PMDBe no PTB, os únicos partidos da coalizão governista que decidiram obrigar suas bancadas a votar a favor das mudanças na aposentadoria.

A reforma é a principal aposta da equipe econômica para garantir a retomada do crescimento. O governo, no entanto, encontra dificuldades para conseguir os 308 votos necessários à aprovação do texto. Com 205 votos contrários, do total de 513 deputados, a proposta de emenda à Constituição (PEC) seria rejeitada.

09 dezembro 2017

PRF aprende carro oficial com mais de R$ 22 mil em multas




Carro era utilizado pela prefeitura de Arraial do Cabo para transportar pacientes Divulgação / PRF

Rio - Um carro oficial da prefeitura de Arraial do Cabo com mais de R$ 22 mil em multas de trânsito foi apreendido, no final da tarde de sexta-feira, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em uma blitz, em Rio Bonito, na Região Metropolitana do Rio. O veículo circulava pela rodovia Governador Mário Covas (BR-101), quando foi abordado pelos agentes.




Policiais rodoviários federais da 2ª Delegacia (Niterói) faziam a blitz na altura do km 269, quando abordaram um Siena com placas oficiais. Segundo a PRF, o veículo seria utilizado pela prefeitura de Arraial do Cabo para transporte de pacientes e seguia no sentido Região dos Lagos.

Durante a abordagem, os policiais verificaram que o último licenciamento havia sido feito em 2015. Além disso, o carro possuía 114 multas de trânsito, sendo 89 por excesso de velocidade, totalizando mais de R$ 22,5 mil em débitos por autuações. O motorista contou que foi contratado recentemente. Ele disse ainda que não sabia das infrações. O carro foi apreendido e encaminhado ao pátio.





Sem dinheiro para pagar multas

Por meio de nota, a prefeitura de Arraial do Cabo informou que o veículo estava a serviço da secretaria de Saúde, que possui frota para atender pacientes que precisam de consultas em outros municípios.

Segundo a nota, a maioria das multas foi gerada pela administração anterior.

A nota diz ainda que "a prefeitura está se planejando para efetuar o pagamento" porque "por motivos financeiros, não há possibilidade de quitação imediata".

O Dia

Deputado José Guimarães no Distrito de Arapari (Itapipoca), entregando projeto de abastecimento d'água para 200 famílias


A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Encerrei minha agenda na cidade de Itapipoca no distrito de Arapari entregando mais um projeto de abastecimento d’Água para 200 famílias que serão atendidas com água de boa qualidade e terão segurança hídrica com esse benefício. Alegria e felicidade marcaram o momento da chegada da água. É assim que se trabalha sempre ao lado do povo.

Senador Sá: Secretaria de Educação realiza IV- Encontro de Diretores e Coordenadores da rede municipal


Na manhã desta sexta-feira (8), aconteceu na secretaria de educação de Senador Sá o IV -Encontro de Diretores e Coordenadores da rede municipal.


.
Esse encontro vai servir para fechar o ano letivo e uma projeção para o ano de 2018. É uma reunião técnica e pedagógica para tratar assuntos pertinentes ao setor, além de discutir o calendário letivo para o ano de 2018. Nesse encontro serviu para analisarmos as provas do Spaece e no que precisamos melhorar.. Temos feito um trabalho intenso na relação das nossas crianças e melhorar, sabemos quem trabalha na educação nunca está satisfeito e sempre trabalhamos na intenção de melhorarmos.- Disse Emanuel  Fernandes- Secretario de Educação.

Ceará tem sete cidades com melhores condições de ensino do País



Sete municípios cearenses alcançaram os melhores resultados no Índice de Oportunidades da Educação Brasileira (IOEB). O estudo foi divulgado nessa quinta-feira, 7, pelo Centro de Liderança Pública. O indicador é constituído de dados que envolvem desde a Educação Infantil ao Ensino Médio, das redes públicas e privadas.
Conforme a análise, Sobral ficou pela segunda vez em primeiro lugar, com uma nota de 6,2, numa escala de zero a dez. Logo após vem Frecheirinha (2º), com 6, Nova Olinda (3º), com 5,9, e Brejo Santo (4º), também com 5,9. Ainda na lista estão Coreaú (8º lugar), Reriutaba (9º) e Novo Oriente (10º), todos com nota 5,7. As cidades estão entre as que oferecem as melhores condições de ensino no país. No ranking de estados, o Ceará é o 6º com nota 4,9. O levantamento é uma parceria do CLP com a Fundação Roberto Marinho, Institutos Península e Natura e Fundação Lemann.
O IOEB agrupa informações relacionadas aos indicadores de resultados e de insumos, como qualidade dos professores, experiência dos diretores, tempo de jornada na escola das crianças e taxa de atendimento na educação infantil.
Conforme o secretário Idilvan Alencar, a melhoria da aprendizagem das crianças cearenses é atribuída ao trabalho realizado pelo Programa Alfabetização na Idade Certa (Paic). “Desde a implantação dessa política, que começou com a alfabetização e foi ampliada pelo governador Camilo Santana, até o 9º ano do Ensino Fundamental, e ganhou o nome de Mais Paic, um avanço significativo pode ser visto”, garante o gestor da Pasta.
Conforme dados do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará (Spaece) 2016, 87% das crianças encontram-se alfabetizadas ao término do 2º ano do Ensino Fundamental. Em 2007, esse percentual era de apenas 39,9%.
Segundo o Ideb, entre as 100 melhores escolas públicas do país, 77 são do Ceará. O Estado ocupa as 24 primeiras posições, no que se refere aos cinco primeiros anos do Ensino Fundamental.
Destaque na Avaliação Nacional de Alfabetização (ANA), o Ceará superou a média brasileira em Leitura, Escrita e Matemática das crianças que estavam matriculadas no 3º ano do Ensino Fundamental da rede pública. Além disso, o Estado obteve os melhores resultados do Nordeste. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Educação (MEC), em outubro passado, com base nos resultados finais da ANA 2016.
Com informação do Governo do Estado do Ceará

Sem reforma hoje, haverá cortes de salários no futuro,diz Temer






Sem a aprovação da reforma da Previdência, poderá haver cortes de salários de servidores públicos nos próximos anos, afirmou o presidente Michel Temer nesta sexta-feira (8) em evento da Abinee (associação do setor eletroeletrônico), em São Paulo.

“Se não fizemos agora, em 2019, 2020, teremos uma reforma previdenciária radical”, disse, citando exemplos de outros países onde foi preciso cortar pensões e vencimentos de servidores públicos em “20%, 30%”.



A expectativa é que a votação fique para a última semana antes do recesso parlamentar, entre os dias 18 e 19 de dezembro, disse o presidente.

“Suponho que até lá teremos os votos”, disse ele, ao ser perguntado sobre a falta de apoio necessário para a aprovação.

Segundo ele, além do PMDB e PTB, o PPS também deverá fechar questão sobre o tema e, no PP, 90% dos parlamentares teriam se manifestado a favor da votação.

O presidente disse não cogitar deixar a votação para o próximo ano.

Até quinta-feira (7), a contagem era de 270 votos a favor da reforma.

A meta do governo é conquistar os cerca de 40 votos necessários para a aprovação nas próximas semanas, com liberação de verbas e remanejamento de cargos.

Entre as medidas para agradar parlamentares -e que elevam os gastos públicos-, estão repasses aos Estados, a liberação recursos de emendas parlamentares ainda não executados, além dos projetos de renegociação de dívidas com o fisco.

O governo ainda estuda devolver cargos a deputados que haviam sido punidos por votar contra o governo nos últimos meses.

O presidente ainda aproveitou o evento com os empresários para pedir que estes ajudassem a pressionar parlamentares pela aprovação.

MP DA INFORMÁTICA

No evento, o presidente ainda assinou a MP que dá uma segunda chance para empresas que se beneficiaram da Lei de Informática e não conseguiram comprovar suas contrapartidas de investimentos em pesquisa e desenvolvimento.

Pelo projeto, as empresas com pendências poderão fazer os aportes devidos e, um prazo de 48 meses -até agora, o prazo é de três meses, e a punição é a suspensão do benefício.

O projeto também aumenta o faturamento das empresas obrigadas a fazer os investimentos e determina que uma consultoria externa passe a fiscalizar os relatórios de pesquisa e desenvolvimento das companhias, segundo Humberto Barbato, presidente da Abinee.

Hoje, são 600 as empresas que se beneficiam os incentivos fiscais da Lei da Informática. A renúncia fiscal por ano é de R$ 5 bilhões. O valor anual a ser reinvestido seria de R$ 1,5 bilhão.

As empresas de informática deverão terminar este ano com uma alta de 8% de receita, que deverá terminar 2017 em R$ 22,896 bilhões. Em 2018, a projeção da entidade é que o faturamento cresça 6%.

Fonte: Folhapress

Oposição quer Tasso, mas admite Domingos Filho






O ex-governador Lúcio Alcântara conversou demoradamente com o senador Eunício Oliveira, domingo, sobre o quadro político local ( Foto: Saulo Roberto )
01:00 · 09.12.2017 por Edison Silva - Editor de Política

Eu tenho "disposição e vontade" de disputar o Governo do Estado, em 2018. Como eu votei no Camilo não poderia chegar nas oposições como candidato a governador. Me coloquei no fim da fila, disse Domingos Filho, numa conversa sobre os últimos movimentos dos adversários do Governo, para a definição de nomes capazes de formarem uma chapa majoritária para enfrentar os governistas. O senador Eunício Oliveira deixou a oposição cearense órfã. Sua conversa com Lúcio Alcântara, nesta semana, por ele provocada, não motivará qualquer mudança.

Hoje, enfatiza-se o momento em razão da velocidade como os fatos e ações políticas acontecem, só dois nomes são citados como prováveis adversários de Camilo, nas eleições do próximo ano: o senador Tasso Jereissati (PSDB) e Domingos Filho. O primeiro tem sido categórico em negar qualquer ânimo de voltar a disputar o Governo do Ceará, após tê-lo exercido a governança em três oportunidades.

Mas são persistentes os estímulos de seus correligionários e demais adversários do governador pretendente a segundo mandato. Na próxima semana, passada a convenção nacional do PSDB, neste sábado, novas investidas serão feitas com o objetivo de sensibilizar o senador a assumir a condição de postulante ao Governo.

Muito cedo

Domingos Filho também defende o nome de Tasso, consciente de ser a segunda opção para enfrentar Camilo, depois de descartados alguns nomes, e outros desinteressados, dentre eles o deputado estadual Capitão Wagner, disposto mesmo a conquistar uma vaga de deputado federal, embora, como Eunício Oliveira dizia até bem pouco tempo, ele deixa a entender que, se Tasso for candidato a governador, ele disputará o mandato de senador.

A direção do PR o relaciona como candidato à Câmara dos Deputados. Assim, o nome do candidato a governador, em lugar de Eunício, só será conhecido depois das festas carnavalescas, em fevereiro de 2018.

Os esforços desenvolvidos no sentido de reunir os postulantes ao Governo do Estado e às duas vagas de senador, até o fim deste ano, como previam, resultaram infrutíferos. Sabem os oposicionistas, mesmo reconhecendo ser realmente ainda muito cedo para a definição de nomes de candidatos majoritários, estarem em desvantagem em relação à campanha desenvolvida pelo governador.

Camilo, já de algum tempo, a pretexto de fazer eventos administrativos nos vários municípios do Interior do Estado, principalmente a partir dos últimos dias quando Eunício foi incluído na caravana governamental, sob o mesmo argumento. Se Tasso estiver à frente de alguns eventos, que poderão ocorrer nos próximos dias no Interior, admitem alguns, a esperança de sua candidatura reacenderá em todo grupo adversário.

A pretensão de Domingos de disputar o Governo, aqui já registrada em outras oportunidades, vem desde quando era discutida a sucessão do ex-governador Cid Gomes, e ele Domingos era o vice-governador.

Punição

Perdeu o espaço para Camilo Santana, mas não descartou a possibilidade de ser candidato ao Executivo estadual cearense, nem mesmo quando chegou ao Tribunal de Contas dos Municípios, hoje extinto, também como uma punição pelo seu projeto político, após alcançar a presidência daquela Corte e, concomitantemente, trabalhar a eleição do deputado Sérgio Aguiar ao comando da Assembleia Legislativa contra o indicado pelo governador, deputado Zezinho Albuquerque.

Disposto e estimulado a concorrer pela segunda vez a chefia do Executivo cearense (ele perdeu para Camilo em 2014), Eunício era apontado pelos aliados do pleito estadual passado como o candidato natural a governador. Chegou a ser guindado à condição de líder das oposições.

A reviravolta conhecida publicamente em setembro, como destacado neste espaço, surpreendeu a todos que com ele partilhavam o sentimento oposicionista. Até bem pouco, alguns ainda esperavam não ser real a aliança dele com os governistas, alimentando a possibilidade de tê-lo novamente como integrante do grupo.

Café da manhã

Foi no domingo passado, após os "comícios" daquele fim de semana, em Limoeiro do Norte e no Crato, quando ele e Camilo estiveram juntos, a propósito de autorizarem início de obra e inauguração de outras, que Eunício teve o primeiro contato sobre o momento político com a direção local do PR. Ele convidou para um café da manhã alguns comandantes da sigla, mas só o ex-governador Lúcio Alcântara lá esteve para o desjejum.

E parece não ter ficado satisfeito, não com o café, mas pelo que ouviu, e teria, como diz um seu amigo, sido forte ao protestar contra o fato de o senador não ter comunicado aos aliados sua disposição de se integrar ao esquema governista. Eunício disse que ainda não tem acordo político firmado com Camilo.

Lúcio, como todo experimento político, sabe só faltar para a concretização da aliança de Camilo com Eunício, a homologação da coligação partidária, nas convenções de escolha dos candidatos na metade do próximo ano, mesmo sabendo todos que, até lá, muita coisa ainda pode acontecer.

Sem o beneplácito de Cid Gomes, representado em todos esses encontros entre o governador e o senador, mesmo extraoficialmente, pelo prefeito Roberto Cláudio e o presidente da Assembleia, Zezinho Albuquerque, dois dos mais importantes aliados de Cid, o clima não chegaria ao ponto que chegou, agora já cumprindo um segundo estágio, o de tornar o acordo assimilado pelo eleitorado, ainda um tanto quanto ressabiado, por razões óbvias.

DN

08 dezembro 2017

Carros deverão passar por uma inspeção de segurança a cada dois anos



Marcelo Ferreira/CB/D.A Press

Para verificar as condições de segurança e de emissões de poluentes dos carros, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) divulgou, na manhã desta sexta (8/12), que todos os veículos devem passar por uma inspeção a cada dois anos. O cronograma vai ser definido pelo Departamento de Trânsito (Detran) de cada estado e do Distrito Federal.
 

Todos os entes da federação devem se preparar para o programa de inspeção até 31 de dezembro de 2019. De acordo com o documento, o objetivo é evitar acidentes pela falta de manutenção dos automóveis. 

O veículo que não estiver regularizado não conseguirá fazer o licenciamento anual. Para o automóvel de transporte de cargas e passageiros, o prazo será menor, “a depender da finalidade”. “O certificado da ITV [Inspeção Técnica Veicular] terá validade de dois anos e dois licenciamentos”, informou o Ministério das Cidades.

A operação de inspeção poderá ser feita pelos órgãos executivos de trânsito, ou através de pessoa jurídica de direito público ou privado, previamente credenciada. Os examinadores vão avaliar a emissão de gases poluentes e ruído em conjunto com a inspeção tradicional.

Os carros que estiverem com defeito grave no sistema de freio, pneus, rodas ou equipamentos obrigatório serão reprovados. A medida também vale para os motoristas que estão com equipamentos proibidos ou irregularidade na emissão de gases poluentes e ruídos. 

No primeiro ano, defeito grave de direção não será motivo para reprovação, apenas os que apresentam um problema gravíssimo. “Caso configure a reprovação, a primeira reinspeção será isenta da remuneração do serviço no mesmo operador, desde que obedecidos os prazos estabelecidos pelo órgão executivo de trânsito responsável”, informou o Ministério. 

CB

92% das queixas nos bancos são por demora nas filas



A pesar de estar em vigor há quase 15 anos, desde 2003, a lei estadual 13.312, que prevê tempo máximo de espera de atendimento nas agências bancárias de 15 minutos em dias normais, sendo de 30 minutos na véspera e no dia seguinte a feriados, ainda está longe de ser uma realidade na maioria dos bancos do Ceará.

Esta é, inclusive, a principal reclamação protocolada no Procon de Fortaleza em relação às instituições financeiras na Capital. Só neste ano, de um total de 166 denúncias contra bancos, 92% (153) estão relacionadas ao tempo de espera nas filas.

O comerciante Marcos Nascimento, 38 anos, diz que já perdeu as contas de quantas vezes passou mais de uma hora numa fila de banco. Na última vez, por exemplo, chegou por volta de 11h30 na agência da Caixa Econômica Federal, no bairro da Parangaba. Passados mais de 30 minutos, ainda tinham pelo menos dez pessoas na frente dele. Isso na fila da triagem para entrar na agência. Do lado de dentro, outra fila o esperava.

O POVO visitou agências de Fortaleza e constatou que o longo tempo de espera por atendimento nas filas ainda é um problema em unidades de bancos como Bradesco, Itaú, Santander, Banco do Brasil e Caixa Econômica.

Blog do Eliomar

Moro desbloqueia aposentadoria de Lula



Lula
O juiz federal Sérgio Moro desbloqueou, nesta quinta-feira (7), a conta da aposentadoria do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, cujo saldo confiscado era de R$ 63.702,54. O magistrado negou ao petista o levantamento do bloqueio dos valores da conta de previdência, no valor de quase R$ 10 milhões.

O magistrado deu 10 dias para que Lula demonstre que os R$ 10 milhões da previdência têm origem lícita.

"Concedo à Defesa de Luiz Inácio Lula da Silva o prazo derradeiro de dez dias para demonstrar a origem dos valores bloqueados, com a prova documental necessária, lembrando que já é a segunda oportunidade concedida à Defesa para tanto, não tendo a primeira sido aproveitada".

O bloqueio dos ativos do petista, até o montante de R$ 10 milhões, foi ordenado por Moro dois dias depois que ele condenou Lula a nove anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso triplex.

Inicialmente, em quatro contas do ex-presidente, o Banco Central encontrou R$ 606 mil.

Posteriormente, a BrasilPrev comunicou Moro que embargou R$ 7,19 milhões de Lula em plano de previdência empresarial e mais R$ 1,84 milhão em plano de previdência individual.

Todo esse montante permanece bloqueado porque a decisão de Moro só atinge a conta de aposentadoria.

Estadão Conteúdo

Governo define dia 18 de dezembro como data para começar a votar a reforma da previdência



O governo fechou acordo com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para começar a votar a proposta de reforma da Previdência no dia 18 de dezembro. A informação foi dadas, nesta quinta-feira, pelo líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-BA). Depois de reunião no Palácio do Planalto, Aguinaldo disse que a data foi fixada, mas defendeu que a votação só deve ocorrer se os votos necessários para a aprovação do texto, um mínimo de 308, estiverem garantidos. A informação é do O Globo.
“Tivemos uma reunião e foi feita uma avaliação de que devemos ter mais uma semana para melhorar ainda mais o ambiente que já melhorou. Mas precisamos avançar ainda mais para conquistar os votos necessários para a aprovação da reforma. Assim, o dia acertado seria 18 de dezembro”, afirmou Aguinaldo.
Nesta quarta, Rodrigo Maia alertou que colocar a reforma em pauta com uma expectativa de derrota pode fazer com que ela tenha menos de 200 votos:
“A base não está querendo votar, e é legítimo. O que eu disse é que, se for votar essa matéria e a expectativa for de derrota, vai ter no máximo 200 votos. Se a expectativa for de derrota, vai perder de 50 a 80 votos. Se a expectativa for de derrota, ou deputado vota contra ou sai do plenário e acaba não tendo nem quorum”, avaliou.

Leônidas Cristino diz que obras do São Francisco atrasou e não vai chegar ao Ceará se quer em junho 2018



O deputado federal Leônidas Cristino, denunciou no plenário da Câmara Federal, terça-feira, o atraso na conclusão do Eixo Norte da transposição do rio São Francisco. Segundo ele, o ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, anunciou que a obra seria entregue em janeiro de 2018, mas não ficará pronta sequer em junho do próximo ano.
A redução dos níveis dos açudes que abastecem Fortaleza clama por solução, disse o deputado. “É lamentável a falta de pulso gerencial, essa ausência de vontade política. É tratada com negligência uma questão grave, o abastecimento de água da quinta maior cidade do País, com 2,6 milhões de habitantes. Beira a inépcia essa atitude, a irresponsabilidade de um governo que há de responder por essa desmoralização”, ele afirmou.
Leônidas Cristino disse ter apontado a existência de caminhos para agilizar a obra no Eixo Norte, alternativas com respaldo nas leis. Todavia – acrescentou – o Ministério da Integração Nacional escolheu o pior caminho.
Conforme o deputado, o Ceará precisa da chegada da água da transposição em Jati, para trazê-la até o Castanhão através do Cinturão das Águas, para receber a recarga salvadora do rio São Francisco. “O governo federal age com irresponsabilidade diante dessa situação. Não demonstra compromisso com o Nordeste”, ele observa.
“O País é testemunha que a principal obra do governo Temer é forjada nos conchavos para mantê-lo no cargo. Nisso é consumida a energia do governo federal, para livrar o chefe do Executivo de denúncias de corrupção, custe o que custar”, acentua Leônidas Cristino. “Por que o governo federal faz ouvidos moucos para o clamor das populações atingidas pela seca?” – ele indaga.

Roberto Moreira

Deputado Sérgio Aguiar participa da Unale em Brasilia



Odeputado estadual Sérgio Aguiar (PDT) participou, na manhã desta quinta-feira (7), de reunião da diretoria da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) em Brasília.
Os temas principais do encontro foram prestação de contas e encaminhamentos para o ano de 2018.
“Acompanhei, também, a votação do Refis para MPEs. O Plenário da Câmara acaba de aprovar, por 332 SIM e apenas 1 NÃO, o PLP 171/2015, que estende o Programa Especial de Regularização Tributária (PERT) aos optantes do Simples Nacional”, escreveu Sérgio no Instagram.

Ceará News

Petrobrás avalia mudar política de preços para evitar aumento do gás de cozinha





O gerente de marketing da Diretoria Executiva de Refino de Gás Natural da Petrobras, Flávio Tojal, disse que a empresa está analisando uma alteração na política de preços para o gás. A Petrobras anunciou um aumento acumulado de 50% desde agosto e, em novembro, segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), o preço médio do botijão estava em R$ 65.

Tojal participou de audiência pública sobre os aumentos dos preços de gás de cozinha e da gasolina na Comissão de Legislação Participativa da Câmara nesta quinta-feira (7). Ele explicou que eventos extremos impactaram os preços, determinados pelas variações internacionais, uma vez por mês.

“A diretoria está sensível aos impactos que o mercado tem apresentado nos preços do gás. Este ano, nós tivemos situações fora de controle, como o furacão nos Estados Unidos. Eventos fora do normal que provocaram esses preços para cima. A diretoria da Petrobras está analisando algum ajuste, alguma adequação na política de preços de maneira a mitigar um pouco seus efeitos sobre os consumidores”, informou.

Questionado pelo deputado Chico Lopes (PCdoB-CE), um dos autores do requerimento para o debate, Tojal explicou que apenas 35% do preço do gás são de responsabilidade dos aumentos anunciados pela Petrobras. 46% do preço são fixados pelos custos e margens de lucro das distribuidoras e das revendas. Os impostos ficam com o restante. No caso da gasolina, apenas 29% têm participação da Petrobras. 13% vêm do álcool adicionado à gasolina e 12%, de distribuidores e revendedores.

A chefe da Divisão de Sanções Administrativas, da Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor, Jacqueline Raffoul, sugeriu a implementação de subsídios para a população mais pobre adquirir o gás de cozinha em função da importância do produto para essa faixa de renda. Ela disse que muitos Procons estaduais relataram aumentos abusivos de preço nas revendas e, em Recife, foi registrado caso de queimadura de consumidor pela substituição do gás por álcool no preparo dos alimentos.

Desde 2016, os preços dos combustíveis seguem o mercado internacional de maneira mais constante e, no caso da gasolina, os reajustes podem acontecer a qualquer momento.

Suspeito que planejava golpe no seguro DPVAT são presos pela Polícia Civil em Itapajé




Quatro suspeitos de planejar a aplicação de golpes no seguro DPVat (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre) foram presos, em flagrante, pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Municipal de Itapajé, a 140 km de Fortaleza. A investigação apurou que dois estelionatários cooptavam pessoas a fim de atuar nos crimes. Em contrapartida, os suspeitos recompensavam as pessoas em dinheiro pelo serviço ralizado.

De acordo com a Polícia Civil, José Iran Teixeira Matos, 49, e Francisco Josian Silva Gomes, 30, contrataram os envolvidos identificados como Antônio Narcélio Sousa Vaz, 35, e Arnóbio Nascimento Silva, 28. Os mandantes eram responsáveis por facilitar a emissão de documentosnecessários para dar entrada no seguro. José Iran e Arnóbio Nascimento possuem antecedentes criminais por porte ilegal de arma de fogo. Todos foram autuados por tentativa de estelionato e associação criminosa.

Segundo o delegado André Firmino, os homens contratados já eram investigados por participação nesse tipo de crime e, por isso, quando questionados, confirmaram o recebimento de R$ 150 pelo serviço. Com essas informações, a os investigadores chegaram aos mandantes do estelionato, com posterior confirmação da tentativa de fraude.

DN

07 dezembro 2017

Prefeitura de Meruoca não envia prestação de contas do mês de outubro dentro do prazo ao TCE


Resultado de imagem para Imagens do TCECinco prefeituras e uma câmara municipal não enviaram as prestações de contas do mês de outubro dentro do prazo ao Tribunal de Contas do Estado. Até 30/11, data final, não haviam cumprido a obrigação os Executivos de Meruoca, Milhã, Redenção, Saboeiro e São João do Jaguaribe e o Legislativo de Guaramiranga.
Como consequência, as administrações podem ser penalizadas com multa e desaprovação de contas, terem comprometida a obtenção de recursos estaduais e operações de crédito.
Todos os meses o TCE identifica os inadimplentes e informa ao Governo do Estado, à Secretaria da Fazenda e à Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado.
Os dados das prestações de contas mensais subsidiam fiscalizações do Tribunal quanto à regularidade de despesas públicas, alimentam o Portal da Transparência dos Municípios mantido pelo órgão e permitem a produção de relatórios quadrimestrais disponibilizados publicamente.
A remessa mensal deve conter os balancetes demonstrativos e a respectiva documentação comprobatória das receitas, despesas e créditos adicionais, bem como o número de todos os processos licitatórios realizados.
TCE

Lula: "em algum país do mundo o gás de cozinha custa R$105 reais"


ABr | José Eduardo Bernardes

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva visitou nesta quarta-feira, 6, o pólo avançado do Instituto Federal Fluminense em Campos dos Goytacazes; em discurso, Lula criticou a política econômica do governo de Michel Temer, que tem prejudicado principalmente a população mais pobre; "Fiquei oito anos na Presidência e não aumentei o gás de cozinha uma única vez. O Temer, em sete meses, já aumentou 68%. Tem lugar do país onde o gás já está custando R$ 105. É um produto da cesta básica. Não pode ser aumentado desse jeito", disparou o ex-presidente; Lula criticou os cortes do atual governo nos institutos e universidades federais; "Nós transformamos o Estado em fiador do jovem brasileiro. Não tem investimento mais sagrado para um país crescer do que a Educação"

Deputado Sérgio Aguiar no Palácio da Abolição com o prefeito de Beberibe/CE


A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas, mesa e área interna

Estive no Palácio da Abolição com o prefeito Padre Pedro, de Beberibe, em audiência com o secretário chefe da Casa Civil Nelson Martins.
Discutimos sobre turismo, estradas, implantação do Raio e abastecimento de água para o município.

Tiririca faz desabafos na câmara e anuncia saída da vida pública. Decepcionado



Odeputado federal Tiririca usou a tribuna da Câmara pela primeira vez, nesta quarta-feira (6), para anunciar sua saída da vida pública. O “palhaço de profissão” uso pela primeira vez a tribuna da Casa para afirmar que sai “com vergonha” e “decepcionado com a política brasileira”. “Saio totalmente com vergonha. Não são todos, mas eu queria que vocês tivessem um olhar pelo nosso país, a nossa saúde”.
Tiririca já tinha antecipado que não iria se candidatar à reeleição em 2018. Em seu discurso de despedida, o parlamentar fez duras críticas aos políticos brasileiros e pediu que deixassem as brigas de lado e olhassem mais para a população do País.

Ceará News

MEC reduz em 50% valor dos repasses do Fundeb para municípios cearenses



Resultado de imagem para FundebOs municípios cearenses receberam no final de Novembro de 2017, uma notícia nada boa em relação ao repasse de recursos na área da educação. Uma portaria do Ministério da Educação, em Brasília, divulgada no final do mês de novembro informa a diminuição dos valores do Fundeb – Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, o que afetará a complementação do fundo para os municípios cearenses em torno de 50%.
Por conta da Portaria Interministerial (PI) 8/2017 do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (FNDE), Municípios de cinco Estados receberão valores menores nas três transferências da União, entre eles o estado do Ceará.
O município de Icó que recebia R$ 591.182,64(quinhentos e noventa e um mil, cento e oitenta e dois reiais, sessenta e quatro centavos) de complementação recebeu este mês quase a metade deste valor, ou seja, cerca de R$ 324.615,42(trezentos e vinte e quatro mil, seiscentos e quinze reais, quarenta e dois centavos).
Diferença de Outubro para Novembro de 2017, foi uma queda de R$ 286.015,89(duzentos e oitenta e seis mil, quinze reais, oitenta e nove centavos) nos cofres da Educação do município de Icó.
Considerando que a regra valerá para Novembro e Dezembro de 2017, até o final do ano o município terá um desconto na sua receita do FUNDEB de R$ 572.031,78(quinhentos e setenta e dois mil, trinta e um reais, setenta e oito centavos). Valores a menor!
Com base nas Portarias 8/2016 e 8/2017, que divulgam a última estimativa de receita do Fundeb para 2017, a CNM estima que o reajuste do piso salarial dos professores será de 6,82% para o próximo ano.
O cálculo da entidade está baseado na taxa do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (INPC), acumulada de 1,83% nos últimos 12 meses, medida em outubro de 2017.
A Confederação Nacional dos Municípios adianta que, dificilmente, Municípios conseguirão arcar com o impacto desse reajuste.
A entidade volta a defender a urgência de aprovação do texto original do Projeto de Lei (PL) 3.776/2008, do Executivo, para adoção do INPC como critério de atualização anual do valor do piso nacional do magistério público de educação básica, como solução definitiva para essa questão.
Também reforça seu entendimento de que aumentos reais de salários devem ser negociados pelos governos dos entes federados subnacionais juntamente com os professores.
“O mais grave, é que a situação poderá ser mais dramática ainda, já que o apoio do Governo Federal que foi publicitado como suporte aos municípios, até agora não tem data certa e nem previsão que de fato será creditado aos municípios em dezembro de 2017. Os prefeitos já estão se mobilizando através da APRECE, para junto aos deputados federais e senadores encontrarem uma solução urgente”, explicou o procurador do município de Icó Fabrício Moreira.
Postagens mais antigas → Página inicial