-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

29 abril 2016

Leão vence Imperatriz e pega Flamengo (RJ), pela Copa do Brasil


Jean Mota comemora o segundo gol do Tricolor com Willian Simões
O Fortaleza está classificado para a segunda fase da Copa do Brasil. Depois do empate diante do Imperatriz-MA por 1 a 1, no Maranhão, a equipe recebeu o mesmo adversário ontem, no Castelão, e venceu por 2 a 0, gols de Pio e Jean Mota.

O triunfo representa ao Tricolor uma cota de R$ 300 mil, além da possibilidade de uma grande renda contra o Flamengo, que eliminou o Confiança-SE na semana passada e será o adversário na continuidade da competição nacional. O primeiro jogo será novamente no Castelão, na próxima quarta-feira, 4, às 21h45min, justamente entre os dois domingos das finais do Campeonato Cearense.

O Fortaleza fez um primeiro tempo com muito mais volume do que o adversário, mas errou passes demais no meio-campo. Jogando no esquema 4-1-4-1, Anselmo teve uma boa chance e Dudu Cearense acertou a trave antes dos 10 minutos. O gol surgiu com Pio batendo falta, aos 24 minutos e fazia justiça ao que era o confronto. O Imperatriz tentou aproveitar momentos de distração da defesa do Leão e do goleiro Ricardo Berna, inseguro.

O segundo tempo começou com o time de Marquinhos Santos postado no seu campo, buscando os contra-ataques. A estratégia fez bem ao Imperatriz, que precisava de um gol para levar a decisão para os pênaltis. O time do Maranhão então passou a assustar, trocando passes perto da área do Tricolor e criando chances.

Quando estava pior na partida, o talento do elenco do Fortaleza em relação ao do adversário voltou a prevalecer. Na primeira finalização do time na etapa final, Jean Mota cobrou falta com rara perfeição e ampliou para 2 a 0, aos 18 minutos. O mesmo Jean sairia dez minutos depois para um momento marcante para a torcida: a entrada do ídolo Corrêa, afastado dos campos por dois meses para se recuperar de uma fratura no antebraço esquerdo.

O Imperatriz também mexeu no time. Foram três substituições, mas as entradas de Otávio, Everton e China pouco adiantaram, e o Fortaleza, com a vantagem consolidada, se tornou o dono do jogo. Só não aumentou porque Juninho, que entrou na vaga de Dudu Cearense, Pio e Anselmo perderam, juntos, pelo menos seis chances incríveis para ampliar o marcador.

O POVO
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial