-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

06 abril 2016

Promotores afastados por supeitas de corrupção



Dois promotores de Justiça do Ministério Público do Ceará (MPCE) não poderão exercer suas atividades até o encerramento de Processo Administrativo Disciplinar (PAD) que os dois respondem por suspeita da prática de corrupção passiva. O Plenário do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) confirmou, ontem, o afastamento preventivo dos servidores.
O PAD foi instaurado pelo corregedor nacional do Ministério Público Cláudio Portela. Após analisar Reclamação Disciplinar, o corregedor entendeu que existiam "indícios suficientes de que os promotores violaram deveres funcionais, puníveis com pena de demissão".
O conselheiro Walter Agra será o relator do PAD. Depois da tramitação do procedimento com apresentação das alegações da acusação e da defesa, será analisado pelo Plenário do CNMP. Os nomes dos promotores não constam no processo pois a ação contra eles tramita em segredo de Justiça.

DN
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial