-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

16 março 2018

Ceará vai sediar Centro de Inteligência do Nordeste







Solenidade realizada, ontem, no Palácio da Abolição, oficializou o compromisso de instalação do primeiro Centro Integrado de Inteligência e Controle para o Combate ao Crime Organizado do Brasil, que será sediado em Fortaleza. O evento reuniu o governador Camilo Santana; o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann; o governador do Piauí, Wellington Dias; e o presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira. Eles assinaram o Termo de Compromisso para a construção da estrutura, que será responsável pelas atividades integradas de inteligência em todo o Nordeste.

A ação é resultado de demanda encaminhada pelo Governo do Ceará, durante reunião dos governadores dos estados nordestinos ocorrida na semana passada, em Teresina-Piauí. Na ocasião, o chefe do Executivo cearense sugeriu a criação do centro no Nordeste e ofereceu o Estado para recebê-lo, devido a sua localização geográfica estratégica. Todos foram de unânime acordo para a concretização do pleito.

Durante a cerimônia que oficializou a ordem de implantação do equipamento, Camilo Santana destacou que o Centro de Inteligência integrará a atuação das forças federais com as polícias Civil e Militar e conta com a parceria do Ministério Público e Poder Judiciário para intensificar o combate às organizações criminosas.
“Isso é uma conquista do povo do Nordeste e do povo brasileiro. Quero registrar a decisão política do Governo Federal de assumir essa questão do problema da Segurança Pública, que é um anseio de todo o País. Esse centro significa dizer que vamos, de forma mais concreta, integrar as informações. Isso vai ajudar a combater essas organizações que existem implantadas em todo o País, que comandam de Estado para Estado, que dão as ordens. Precisamos dizer a todos que o Estado é mais forte e é maior do que essas organizações criminosas”, disse Camilo. Presente ao evento, o governador do Piauí, Wellington Dias, reforçou o contexto de unanimidade do Ceará para receber o equipamento.

Camilo esteve acompanhado da vice-governadora e coordenadora do Pacto por um Ceará Pacífico, Izolda Cela, do presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, Zezinho Albuquerque, do secretariado estadual, das autoridades de Segurança Pública do Governo Federal e Ceará, deputados, além de representantes da iniciativa privada e sociedade civil.

Funcionamento
O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, explicou que serão cinco centro regionais de inteligência em todo o Brasil, sendo estes ligados ao Centro Nacional Integrado de Inteligência, Comando e Controle, que ficará em Brasília. As estruturas regionais e a nacional interligadas devem ter o funcionamento iniciado, segundo prevê Jungmann, a partir do segundo semestre deste ano.
“O Centro de Inteligência no Nordeste vai reunir representantes de todas as polícias do Nordeste juntamente com a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal, a Abin (Agência Brasileira de Inteligência) e a Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública). Estarão aqui integrados, reunidos no centro de comando e controle voltado para inteligência, para chegar ao comando do crime organizado, aos seus arsenais e seus recursos”, detalhou o ministro. Ele também destacou que serão investidos pela União R$ 2 milhões em equipamento. O governador Camilo Santana já disponibilizou um prédio para a sede.

Sistema único
Em discurso, o Governador do Ceará voltou a defender, diante de autoridades nacionais, a criação de um sistema único de segurança pública no País, assim como já existe na Saúde e na Educação, e a criação de um fundo financeiro de apoio aos estados para o enfrentamento da violência e do crime organizado.
“Depois dessa criação dos centros, outro passo importante é a construção desse sistema único. O Brasil já tem política nacional para a Saúde, para a Educação, falta para a Segurança. O Congresso Nacional já fez debate sobre isso, e nós temos contribuído, o Governo do Ceará junto ao fórum dos estados nordestinos. Não tenho dúvidas que nós vamos aprovar essa ação”, garantiu Camilo Santana.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial