-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

22 julho 2018

Ferroviário perde, mas está na final do Campeonato Brasileiro da Série D



Ferrão agora aguarda a partida Imperatriz x Treze para saber quem será seu adversário na final ( Kid Júnior )

Na tarde deste domingo (22), no Estádio Passo D'Areia, em Porto Alegre-RS, o Ferroviário se classificou para a final da Série D do Campeonato Brasileiro. O Tubarão da Barra foi derrotado por 2x1 pelo São José, mas, por ter vencido a partida de ida por 3x1, estará na finalissima da competição. O Ferroviário aguarda, agora, o vencedor do confronto entre Imperatriz/MA e Treze/PB para saber qual será o outro finalista. As duas partidas da decisão estão marcadas para os dias 29/07 e 05/08.

O jogo

O primeiro tempo começou com pressão do time mandante. Precisando de, no mínimo, dois gols, a equipe do São José veio para o ataque e logo obteve êxito. Aos 2 minutos, Matheuzinho aproveitou sobra na grande área para escorar para o fundo das redes, abrindo o placar no Passo D'Areia.
O Ferroviário tinha sérias dificuldades na transição ofensiva, mas, mesmo assim, tentava evitar a retranca e equilibrar a partida. Aos 11 minutos, a estratégia deu certo. O artilheiro Édson Cariúsinvadiu a área do São José e chutou forte, sem chances para Fabio. 1x1 no placar e o Tubarão da Barra com mais tranquilidade na partida.

Após o empate no placar, a partida ficou mais equilibrada e as duas equipes se alternaram nas ações ofensivas. Pelo lado do São José, o destaque ficava por parte do atacante Kelvin, que, em parceria constante com o lateral Xaro, dava trabalho para a zaga Coral.

Apesar disso, o segundo gol do São José veio na jogada aérea. Após cobrança de escanteio, a bola desviou na primeira trave e sobrou para Karl, que cabeceou para o fundo das redes de Gleibson, que nada pôde fazer.

Após estar novamente na frente do placar, o São José voltou a dominar a partida. Matheuzinho tentou de fora da área, mas sem sucesso.

O Ferroviário ainda teve mais uma boa chance de empatar a partida, mas Valdeci pecou na finalização e tocou à esquerda da meta de Fábio. Assim, o primeiro tempo terminou com vantagem do São José.

O segundo tempo começou com a mesma tônica da primeira etapa. O São José era todo pressão, enquanto o Ferroviário tentava explorar os contra-ataques.

As chances criadas pela equipe gaúcha, no entanto, não surtiam perigo. Gleibson era soberano na grande área e frustrava as jogadas aéreas do São José.

Pelo chão, as jogadas da equipe mandante eram protagonizadas, principalmente, por Matheuzinho e Kelvin, que deram dor de cabeça para a zaga Coral.

O Tubarão, por sua vez, não adotou a estratégia da retranca e tentou, até o fim, o gol que daria tranquilidade para o seguimento da partida. A chance mais clara da etapa final veio após lambança do goleiro Fabio. Aos 38 minutos, após cobrança de falta na barreira de Édson Cariús, o arqueiro tentou sair jogando e perdeu a bola. O Ferroviário, porém, não aproveitou.

Pelo lado do São José, houve ainda um gol anulado pelo bandeira, quando Márcio empurrou para o fundo das redes em posição irregular.

Ainda deu tempo do Ferroviário perder a dupla de zaga titular. André Lima e Luís Fernando foram expulsos nos minutos finais do jogo, deixando o São José com dois a mais em campo. Não foi o suficiente, porém, para a equipe gaúcha ir atrás do resultado.

Após o apito final, com 2x1 para o São José no placar, que decretou a classificação do Ferroviário, houve um princípio de confusão no gramado. Os animos foram logo acalmados e a festa Coral tomou conta do estádio.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial