-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

05 setembro 2018

Moradores de Santana do Acaraú fazem ato por justiça e paz após prisão de prefeito




FOTO: Via WhatsApp O POVOApós o assassinato do ex-funcionário da Prefeitura de Santana do Acaraú (a 228 quilômetros de Fortaleza), Augusto César do Nascimento, na última quarta-feira, 29. e a prisão do prefeito da Cidade, Marcelo Arcanjo, que confessou o crime e se entregou no Departamento de Polícia do Interior (DPI), em Fortaleza, os moradores da Cidade realizam uma manifestação nesta terça-feira, 4, pedindo por justiça e paz.

O ponto de início da manifestação é a Câmara Municipal de Santana do Acaraú e as pessoas vestem branco. A ação é uma caminhada prevista para terminar em frente à Igreja Matriz da Cidade. O prefeito Marcelo Arcanjo esteve foragido durante seis dias, mas nesta terça-feira, 4, ele foi até a delegacia em Fortaleza, onde prestou depoimento.

Um mandado de prisão temporária já havia sido emitido pela Justiça e o gestor foi preso. Durante o depoimento do prefeito, o delegado Marcos Aurélio disse que ele confessou o crime e relatou que a motivação seriam supostos comentários que a vítima estaria fazendo contra o prefeito. Augusto foi demitido em novembro do ano de 2017.

O depoimento de Marcelo Arcanjo alega legítima defesa, pois ele diz que foi até a casa da vítima para conversar, mas foi agredido. O policial federal aposentado disse que atingiu o ex-funcionário "à queima-roupa".

O delegado afirma que o depoimento do prefeito é diferente do que dizem as testemunhas. Até o momento, o diretoro do DPI informa que foram ouvidas 11 pessoas, sendo quatro testemunhas.

O crime foi cometido na frente da mãe de Augusto. Nos depoimentos, não há relato de agressão física por parte da vítima. O prefeito será indiciado por homicídio duplamente qualificado, sendo por motivo torpe e não oferecer chance de defesa para a vítima.

O POVO
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial