-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

08 janeiro 2019

Número de detidos chega a 148




FORÇA NACIONAL de Segurança atua no Ceará desde o último sábado, 5 AURELIO ALVES

A Polícia capturou 148 pessoas por envolvimento nos ataques realizados na Grande Fortaleza e no interior do Estado, desde a última quarta-feira, 2. Desses, 38 foram presos ou apreendidos entre a noite de domingo, 6, e a manhã de ontem. Não foi divulgado o número de adolescentes apreendidos nas ações policiais. As informações são da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e foram confirmadas pelo governador do Estado, Camilo Santana (PT), por meio do Facebook.



Balanço do Ministério da Justiça e Segurança Pública sobre as operações da Força Nacional de Segurança no Ceará contabiliza 143 ações criminosas, de quinta-feira, 3, até a noite do domingo, 6. De acordo com a pasta, foram 45 ataques no primeiro dia da onda de violência, na quinta-feira, seguidos de 37 na sexta-feira; 38 no sábado e 23 no domingo.



Em nota oficial, o Ministério da Justiça e Segurança Pública aponta que os números indicam queda na atuação criminosa nas primeiras 24 horas de operação da Força Nacional de Segurança, que começou a atuar no sábado.



"Com um efetivo de 330 homens e 20 viaturas, a FNSP realiza ações de patrulhamento ostensivo, preventivo e repressivo em pontos importantes como terminais rodoviários e vias de grande circulação", diz nota. "Os agentes de segurança locais e a Forca Nacional têm conseguido dar a resposta à onda de crimes que atingiu a capital cearense nos últimos dias".



Há previsão de que mais 76 agentes da Força Nacional, além de 43 reforços das polícias estaduais de Piauí, Pernambuco e Santa Catarina comecem a atuar a partir de hoje.



Ontem, no sexto dia de ataques, 200 linhas de ônibus circulavam em Fortaleza e Região Metropolitana com a presença ostensiva de policiais militares, além de escolta com equipes do motopatrulhamento. O reforço chega a contar com mais 800 policiais militares. Mais de 1,3 mil veículos estão nas ruas. A circulação, no entanto, ainda não voltou ao normal. Ontem foram registrados ataques a pelo menos dois coletivos, o que alterou algumas rotas e limitou a saída de veículos à noite de terminais como o de Messejana.



A Cidade conta, ao todo, com 1.810 veículos em rotas urbanas e 350 metropolitanos. No sábado, o receio de ataques fez com que apenas 180 veículos circulassem.



Já a frota de topiques da Cooperativa dos Transportadores Autônomos de Passageiros do Estado do Ceará (Cootraps) deve voltar a funcionar normalmente em Fortaleza hoje, segundo informações de Carlos Robério, diretor financeiro da cooperativa. Com a série de ataques registrada em todo o Estado, toda a frota de vans foi recolhida desde sexta-feira, 4. "A gente está se programando para voltar a operar normalmente na terça-feira (hoje)", disse. A frota da Cootraps conta com 200 veículos distribuídos em 20 linhas na Capital.



(Com Agência Brasil)

RELATOS



Ontem houve relatos de lentidão para a chegada de ônibus e lotação. Passageiros disseram que muitos dos ônibus em circulação são antigos, da cor azul e sem ar-condicionado.





LINHAS Algumas linhas que atendem áreas em que foram registrados ataques não estavam operando ontem. A Polícia orientou que só rodassem com presença de PMs.



INCÊNDIOUma banca de revistas sofreu um ataque no início da manhã de ontem na Praça da Estação, no Centro. Suspeitos conseguiram colocar fogo, mas moradores apagaram o incêndio.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial