-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

27 maio 2019

Deputados se encontram com Camilo, mas ainda esperam encontro individual








O encontro de hoje, às 9h, no Palácio Abolição, entre o governador Camilo Santana e seu secretariado com os deputados estaduais membros da base aliada – cerca de 38 das 46 cadeiras na Assembleia - é o primeiro neste ano, após a posse da nova composição do Legislativo Estadual. A ideia do encontro é aproximar os parlamentares do Executivo e fortalecer a defesa do Governo, num momento em que há focos de insatisfação e cobranças de maior atenção aos aliados. Alguns dos parlamentares que estarão presentes hoje, entretanto, consideram que o encontro aproxima Executivo e Legislativo, mas pode não avançar nas demandas dos aliados.

No ato, o governador deve apresentar aos parlamentares os projetos para os próximos quatro anos de gestão, as prioridades, os ajustes que serão feitos e também o complicado cenário nacional que mostra quedas acentuadas nos repasses da União ao Estado, além das perspectivas desafiadoras na economia com reflexo direto no Estado. Os deputados terão direito à fala no encontro.

“A reunião foi uma sugestão da liderança do Governo para melhorar a interação entre deputados e secretários, até para entender melhor a situação do Estado aprofundando em cada Pasta”, disse o líder de Camilo, deputado estadual Júlio César (Cidadania). Na última semana, o Governo não conseguiu manter em plenário um número suficiente de deputados para a aprovação de projetos do Executivo. E chamou atenção porque não foi a primeira vez que ocorreu neste ano. Oficialmente, o Estado considera um fato isolado. E relembra as 48 mensagens que foram aprovadas neste ano.

Insatisfação

Há focos de insatisfação entre os parlamentares em diversas frentes. Indicação de aliados para cargos no Governo - demora demasiada -, demandas não atendidas nos municípios e até mesmo a dificuldade de serem ouvidos pelo governador. O relato de alguns é que, até o momento, praticamente nenhum dos novos parlamentares foi recebido pelo governador Camilo - teria havido apenas encontros não decisivos com secretários. “O Governo só tem oferecido água e café. Nada mais”, relata um deles. Assessor especial de Relações Institucionais, Nelson Martins diz que o Governo tem recebido todos os parlamentares.

“Eu e o secretário Élcio Batista temos recebidos todos os pedidos de reunião com parlamentares. Eu mesmo recebo deputado praticamente todo dia”, rebate o assessor, cujo cargo tem status de secretário. Nelson detalha ainda que nos dois primeiros meses do ano, o governador esteve concentrado em resolver a crise de violência no Estado. Os outros dois, o principal objetivo era fazer um levantamento de toda a situação fiscal do Estado. Agora, chegou o momento de receber os parlamentares. “O governador tem gratidão pelos deputados por prestarem todo apoio ao Governo. E nesse encontro a ideia é aproximar ainda mais os deputados”, diz.

“Deputado quer é encontro individual. Essas reuniões com 50 pessoas não resolvem”, relata um parlamentar que vai estar presente no encontro de hoje. Muitos já estão de olho nas demandas para partirem na frente na corrida eleitoral do ano que vem no Interior. A dor de cabeça para o Governo é que a ampla base de apoio do governador Camilo Santana tem, em vários municípios, situação e oposição do mesmo lado.

“Pode ser o prenúncio de uma boa nova. A partir de julho, o presidente Bolsonaro, o governador Camilo, todo mundo vai ter uma noção real do que vem pela frente na máquina administrativa, então, estamos aguardando”, disse o deputado Audic Mota (PSB), outro que vai estar no encontro de hoje. Ele diz que o Governo tem feito o diálogo e o início de gestão é um momento de avaliação.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial