-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

30 agosto 2019

Gerentes de bancos no Ceará são presos suspeitos de integrar organização criminosa




Uma operação da Polícia Civil, com o apoio do Ministério Público no Município de Pentecoste, cidade a 92 Km de Fortaleza, prendeu dois gerentes do Banco do Brasil nesta quinta-feira (29). Os bancários são suspeitos de integrar uma organização criminosa interestadual que desviou R$ 59 milhões do Banco do Brasil. Outros integrantes do grupo foram presos no interior de São Paulo, e um em General Sampaio, no interior do Ceará.


De acordo com o diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), Marcos Aurélio de França, o setor de inteligência da instituição financeira verificou que havia uma organização que cometia um golpe no qual criminosos criaram um débito na agência de General Sampaio e creditaram integralmente em uma conta poupança no Estado de São Paulo, auxiliados por funcionários do banco.


A investigação contou com a participação da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) e do Departamento Técnico Operacional (DTO), da Polícia Civil do Ceará, comandadas pelos delegados Jaime Paula Pessoa Linhares e Eduardo Tomé, respectivamente.


Na ocasião, foi verificado que um dos presos havia recebido em sua conta R$ 59.998.765. O dinheiro, segundo as investigações, foi desviado de contas por meio de aviso de crédito feitos pelos gerentes.


Na última sexta (23), na cidade de General Sampaio foi preso, no interior da agência do Banco do Brasil, um homem natural de Contagem, em Minas Gerais. Com o andamento das investigações, o criminoso revelou a participação de Poutros gerentes das agências de General Sampaio e Tejuçuoca no esquema criminoso.

Ceará Agora 
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial