-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

28 março 2020

Cheia do Rio Acaraú desaloja famílias em Santana do Acaraú



Cheia do rio Acaraú desaloja famílias em Santana do Acaraú
Pelo menos seis famílias já estão acomodadas em uma escola no centro da cidade, o volume do rio continua subindo, açude Araras está com 87% de sua capacidade e pode sangrar no mês de abril
Publicada em 27/03/20 às 10:41h - 975 visualizações
por Tribuna dos Vales/Manoelzinho Canafístula








Famílias estão alojadas no Colégio João Cordeiro. O Diretor da escola Régis Mingote e o secretário de Desenvolvimento Rural, Arlene Farias recepcionam as famílias (Foto: Divulgação )



Pelo menos seis famílias foram removidas de suas casas pela defesa civil de Santana do Acaraú, na noite desta quinta-feira (26) em virtude do aumento do volume do rio Acaraú, essa realidade já era esperada pela população e pela defesa civil do município. O rio Acaraú recebeu na tarde desta quinta-feira (26), o volume de águas provenientes das enxurradas dos últimos dias na região de Hidrolândia, onde pelo menos duas barragens romperam e deixaram 500 famílias desabrigadas na cidade.

Segundo o coordenador da defesa civil de Santana do Acaraú, Arakém Vasconcelos três bairros da cidade que ficam as margens do rio Acaraú são monitorados, São Miguel Arcanjo, Ilha Amarela e Alto da Liberdade e sempre que há enchentes, as famílias são removidas para prédios públicos. Outra preocupação da Defesa Civil está voltada para o volume de água de três açudes que ao sangrar, deságuam no rio Acaraú, o açude Araras no município de Varjota está com 87,44% de sua capacidade e ainda receberá as águas das chuvas do mês de abril, considerado o mais chuvoso do período.



Água do rio Acaraú no Alto da Liberdade, onde as famílias foram desalojadas - Foto: Reprodução

Outro açude que também ganhou um grande volume de água é o Jaibaras, que segundo o coordenador já está com 85,10% de sua capacidade, além desses há no município o açude Carnaúbas que tem capacidade para 14 milhões de m³ de água e está próximo de sangrar, “as águas desses três açudes deságuam no Acaraú, se isto vier a ocorrer, certamente outras famílias serão desalojadas”, ressaltou Vasconcelos. Ele disse ainda, que há uma equipe fazendo o monitoramento permanente do volume das águas do rio e prevenir que as famílias sejam afetadas

Tribuna dos vales 
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial