-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

07 novembro 2020

Fortaleza enfrenta Atlético /PR tentando melhorar desempenho omo visitante






Legenda: David e Romarinho são esperanças para o ataque do Leão fazer gols em Curitiba
Foto: Kid Júnior



Voltar a vencer para melhorar o desempenho como visitante e superar o mais rápido possível os resultados negativos nos dois últimos jogos. É com esse pensamento que o Fortaleza entra hoje no gramado da Arena da Baixada, para enfrentar o Athletico-PR, às 18 horas, em confronto importantíssimo para os dois times na rodada de abertura do returno do Campeonato Brasileiro.
Ouça o podcast 'FortalezaCast'



O Tricolor faz boa campanha na Série A, ocupando a 10ª colocação e somando 24 pontos, com o detalhe que possui dois jogos a menos que a maioria dos adversários - por conta da Copa do Brasil. Entretanto, fora de casa, precisa melhorar o aproveitamento. Em oito jogos, venceu somente um, empatou quatro e perdeu três.

A missão é de também recuperar o rumo das vitórias para ficar próximo ao grupo de cima da tabela, principalmente pelo equilíbrio do campeonato.

Se a distância para o Santos, atualmente na 6ª colocação e primeiro time no grupo que garante vaga para a Libertadores, é de somente seis pontos, a vantagem sobre o Coritiba, 17º colocado e primeira equipe da zona de rebaixamento, é menor ainda: cinco pontos.

Portanto, se vitória pode deixar o Leão do Pici perto do G-6, derrota significa maior aproximação do Z-4.

A tarefa também é de fortalecer a confiança do elenco, sobretudo após a eliminação para o São Paulo e a derrota para o Fluminense. Para isso, será preciso superar um adversário que está desesperado pela vitória.

Furacão pressionado
O Athletico-PR vive situação bastante delicada no Campeonato Brasileiro. Com 16 pontos conquistados em 18 jogos, o Furacão é o vice lanterna, acumulando quatro derrotas e um empate nos últimos cinco jogos.

Entretanto, no primeiro turno, o time paranaense venceu o Fortaleza, na Arena Castelão, por 2 a 0.

"Sabemos da fase que eles estão passando, mas lógico que é um jogo difícil, a partida do primeiro turno ficou de lição. Sabemos da qualidade que a equipe deles tem, mas sabemos da nossa. Não vais ser fácil, mas vamos sempre em busca da vitória, jogando do mesmo jeito", projetou o atacante David.

Retornos importantes
O técnico Rogério Ceni contará com a volta de seu capitão, o zagueiro Paulão, que volta ao time titular após cumprir suspensão automática.

"Esses são os jogos mais difíceis da competição. A nossa equipe gosta de trabalhar com a bola. Jogar contra essas equipes que estão na parte de baixo da tabela é muito mais complicado. É um time totalmente franco atirador, que está exposto, acaba mudando muitas vezes a parte tática da outra equipe. Temos que ter equilíbrio, noção do que nós precisamos, que é fazer esses pontos fora de casa. É sair daqui com o ímpeto e a ideia de fazer o resultado positivo", destaca o defensor, que formará dupla de zaga com Jackson, já que Roger Carvalho foi expulso na última partida e Quintero, com lesão no púbis, segue no Departamento Médico.

Outro que fica novamente à disposição é Bruno Melo, que deve assumir a titularidade na lateral-esquerda.

DN 
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial