-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

11 novembro 2020

Segunda onda do Covid-19 pode forçar pagamento prorrogado do auxílio emergencial






Com o risco de uma 2ª onda da Covid-19, a preocupação dos cearenses é de que a crise econômica piore e as condições financeiras voltem ao vermelho. Com isso, a pressão para a prorrogação do auxílio emergencial para 2021 aumentou no Congresso Nacional. O pagamento está programado para acabar em dezembro deste ano.

A 2ª onda de Covid-19 já está atingindo os países da Europa e, com isso, o Brasil já começa a se preparar para enfrentar mais esse problema. Com isso, a prorrogação do auxílio emergencial, que já vinha sendo discutida, voltou ao centro dos debates.

Pensando nisso, a equipe econômica do governo começou a elaborar uma solução para impedir que os ministérios autorizem gastos no fim de 2020. A expectativa é que a equipe publique uma portaria para delimitar quais restos a pagar da pandemia poderão ser pagos em 2021. Essas definições estão em análise na Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional e deverá ser publicada até o próximo fim de semana.

Ceará Agora 
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial