-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

23 janeiro 2021

Com chuvas na região da Ibiapaba, Bica do Ipu volta a presentar o ' véu da noiva'





Legenda: A água que chega à Bica do Ipu vem do Rio Inhuçu, que banha municípios do alto da serra da Ibiapaba
Foto: Francisco José/Arquivo pessoal




As chuvas que atingiram parte da região da Ibiapaba desde a terça-feira (19) contribuíram para que o tradicional ponto turístico no sopé da serra Grande, a famosa Bica do Ipu, começasse a jorrar água pela primeira vez neste ano. Como a quantidade de água ainda não é volumosa, a queda d’água de 130 metros de altura forma o que os moradores chamam de "véu de noiva".

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou, nos últimos quatro dias, o acumulado de 72,5 mm de chuvas em Ipu, 48 mm em Guaraciaba do Norte e 24,5 mm em Ubajara.



Origem

A água que chega à Bica do Ipu vem do Rio Inhuçu, que banha municípios do alto da serra da Ibiapaba – Carnaubal, Guaraciaba do Norte e o distrito de Várzea do Jiló, que pertence ao município de Ipu, no alto da chapada.

“É um espetáculo belo, que sempre jorra a cada ano e atrai moradores e visitantes da região”, pontuou o radialista, Dênis Paiva. “Com a continuidade das chuvas, a queda d’água vai aumentar ainda mais”, comemorou.




Legenda: No pé da bica, uma obra de urbanização do parque de 900 mil metros quadrados ainda está incompleta
Foto: Francisco José/Arquivo pessoal


"Água que cai do alto"

A palavra Ipu, em Tupi Guarani, quer dizer "água que cai do alto". No pé da bica, uma obra de urbanização do parque de 900 mil metros quadrados ainda está incompleta. O projeto do complexo turístico foi orçado inicialmente em R$ 26,9 milhões. A pandemia do novo coronavírus restringe o acesso ao parque.

O secretário de Turismo do município, Sílvio Carvalho, diz que ainda é preciso "seguir com as medidas preventivas e de proteção contra o novo coronavírus", disse. Segundo ele, a requalificação iniciada no segundo semestre de 2020 segue.

“O asfalto de acesso já foi concluído, vamos iniciar o calçadão, construção de quiosques, implantação de uma estátua de Iracema e uma adutora para aproveitamento melhor da água e abastecimento de bairros próximos”. O gestor reforçou ainda que a bica é “um dos principais atrativos turísticos da região” e, além do banho, “o parque vai oferecer trilhas e outros atrativos”.

DN 
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial