-- ANUNCIE AQUI ! ---------------------------------------------------------------------------

18 janeiro 2021

Primeiro lote de vacina cobre 34% da meta da primeira fase no Ceará


Profissional de saúde brasileiro prepara uma dose da vacina CoronaVac Sinovac Biotech contra o coronavírus COVID-19 no hospital de Clínicas em São Paulo, Brasil, em 17 de janeiro de 2021 (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)


Após o início da vacinação contra a Covid-19 no domingo, 17, em São Paulo, o Ceará deve dar início ao cronograma de vacinação nesta segunda-feira, 18. Ao todo, 229 mil doses de Coronavac devem chegar em Fortaleza, às 13h15. O primeiro lote é suficiente para vacinar 34% da meta estabelecida para a primeira fase de vacinação no Estado.

A presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Ceará (Cosems/CE), Sayonara Moura Cidade, explica que os profissionais de saúde terão prioridade de acordo com o risco do trabalho que realizam. Ela foi entrevistada na manhã desta segunda-feira, 18, no programa O POVO No Rádio, na rádio O POVO CBN. A entrevista foi feita por Maísa Vasconcelos e Farias Júnior.


Neste primeiro momento, explica Sayonara, prioridade será de trabalhadores de UTIs, emergências, idosos de asilos e acima de 87 anos.



"Vai vacinar a linha de frente. Nós traçamos a prioridade da prioridade. Vamos começar nas UTIs, que trabalham com Covid. Depois disso, nós vamos para o Samu, UPAs , centro de testagem e as equipes de saúde para a família. Também os idosos que são institucionalizados, porque moram de forma coletiva, vamos nos preocupar com eles. Além dos idosos acima de 87 anos, teremos essas prioridades agora".

Sayonara acredita que o primeiro lote, suficiente para garantir a imunização de cerca de 1/3 da meta da primeira fase, faz justiça ao ser distribuído aos profissionais de saúde.

"Temos que trabalhar primeiro a linha de frente. Infelizmente, essa é a realidade que temos agora. Nós temos 34% da meta da primeira etapa. Então, nós não podemos vacinar todos os profissionais como gostaríamos. Vamos ter que proteger aqueles que, realmente, são os mais vulneráveis. Isso é dever de justiça. Vacinar as pessoas que estão cuidando, já perdemos muitos profissioanais", esclarece.

Ao todo, 109 mil pessoas devem receber as vacinas que chegam nesta segunda-feira, 18, no Ceará. Segundo a presidente do Cosems/CE, todo o Estado deve iniciar a vacinação até quarta-feira, 20.

"Nós estávamos preparados para entregar por vias terrestres, mas o Governo do Estado conseguiu fazer com que essa vacina para o interior fosse feita de forma simultânea com a Capital. No mais tardar, na quarta-feira, 20, estaremos vacinando em todos os municípios. É uma felicidade imensa, independente do número de pessoas", diz Sayonara.

Vacinação de Professores

O anúncio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) que revelou uma abstenção de 51,5% dos candidatos, no primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), foi mais um alerta para a crise na educação causada pelo Coronavírus. O problema gera preocupação entre membros do poder Executivo e Legislativo.

O deputado Idilvan Alencar (PDT/CE) é um dos que buscam alternativas para que o retorno das aulas aconteça o mais breve possível e de forma segura. O pedetista tem a proposta de incluir os professores nos primeiros grupos prioritários.

"O movimento nasceu muito forte com o apoio do Camilo Santana (PT) e da governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT). Estamos há um ano sem aulas presenciais, o resultado está aí, o Enem, ontem, com 51% de abstenção. Não podemos continuar com esse processo, por isso é importante que os professores estejam na prioridade", destaca.

Sayonara, presidente (Cosems/CE), é a favor da proposta, e relata os problemas enfrentados durante o primeiro dia de realização do Enem.

"Eu vi a quantidade de alunos na frente das escolas, a maioria deles sem máscara. Precisamos discutir isso com a população, não vamos ter um controle agora mesmo com a vacina, as pessoas precisam se conscientizar sobre o uso máscara", completa.

 O POVO 
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial